Busca avançada
Ano de início
Entree

Frequência de fatores potencialmente determinates e consequências do ganho ponderal gestacional em gestantes de baixo risco

Processo: 12/00077-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2012
Vigência (Término): 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Maria Antonieta de Barros Leite Carvalhaes
Beneficiário:Caroline de Barros Gomes
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Gravidez   Nutrição da mãe   Peso ao nascer   Saúde materno-infantil   Fatores de risco

Resumo

O estado nutricional materno antes e durante da gestação vem ganhando importância na atenção pré-natal. Em 2009, as instituições Institute of Medicine e National Research Council revisaram a literatura sobre sua influência sobre a saúde materna, da mulher, da criança e do futuro adulto e apresentaram novas diretrizes para avaliação do ganho de peso durante a gestação. Neste contexto, o presente projeto visa caracterizar uma população de gestantes que realizaram pré- natal na rede pública de atenção primária à saúde quanto à presença de fatores potencialmente associados ao ganho ponderal gestacional excessivo, avaliar este ganho e identificar a prevalência de desfechos associadas ao ganho excessivo. Para tal, o estudo utilizará dados de várias fontes: entrevistas com gestantes realizadas por um projeto anterior, cujo objetivo principal era descrever as atividades físicas das gestantes, realizado em 2010 com apoio FAPESP; consulta aos prontuários dessas gestantes nos serviços onde realizaram o pré-natal e onde ocorreu o parto; consulta ao Sistema de Informações de Nascidos Vivos - SINASC - para obtenção de dados relativos ao recém-nascido.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARIA ANTONIETA DE BARROS LEITE CARVALHAES; CAROLINE DE BARROS GOMES; MAÍRA BARRETO MALTA; SÍLVIA JUSTINA PAPINI; CRISTINA MARIA GARCIA DE LIMA PARADA. Sobrepeso pré-gestacional associa-se a ganho ponderal excessivo na gestação. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, v. 35, n. 11, p. -, Nov. 2013.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.