Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do metabolismo secundário de fungos endofíticos (associados às algas marinhas do gênero Bostrychia) sob influência de moduladores químicos e/ou epigenéticos

Processo: 12/01175-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2012
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Hosana Maria Debonsi
Beneficiário:Ana Paula Porfirio Padovini
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Bioatividade   Produtos naturais marinhos

Resumo

Entre as mais promissoras fontes de novas substâncias bioativas, os produtos naturais tem se destacado desde os primórdios da civilização. Contudo, nas últimas décadas, novos nichos ecológicos ganharam importância tornando-se alvos alternativos à pesquisa de produtos naturais. Sendo assim, a investigação e conseqüentemente o conhecimento dos produtos naturais que são biossintetizados por determinados micro-organismos isolados de algas marinhas constituem uma área promissora a ser explorada. Desta maneira, baseando-se em resultados já obtidos pelo grupo de pesquisa QOAM-NPPNS/FCFRP-USP, no que diz respeito ao cultivo e bioprospecção de fungos endofíticos, uma nova abordagem vem sendo empregada em nosso laboratório. Atualmente, a investigação de novos metabólitos produzidos por micro-organismos de origem marinha vem sendo norteada por meio de técnicas diferenciadas, dentre elas a eliciação epigenética e/ou química, utilizando para tanto cultivos de micro-organismos submetidos à ação de moduladores epigenéticos. Desta forma, partindo-se do princípio que endofíticos são produtores de esqueletos carbônicos diferenciados, os quais apresentam expressivo potencial biológico ativo, a investigação destes produtos torna-se importante na busca por moléculas inovadoras em relação à produção de insumos farmacêuticos. Assim, o presente projeto tem como objetivo a elucidação estrutural de metabólitos já isolados e ou purificado provenientes do fungo endofítico Acremonium sp., isolado da alga marinha Bostrychia tenella. Paralelamente, recentes estudos genômicos mostram que os fungos, embora apresente alto potencial biossintético, em condições laboratoriais eles podem não expressar rotas biossintéticas indispensáveis para a síntese de metabólitos bioativos. Desta maneira, a fim de aumentar a expressão de tradução de genes responsáveis pela produção de metabólitos secundários, a adição de moduladores epigenéticos torna-se extremamente interessante. Assim, baseando-se em resultados prévios do grupo, o presente projeto apresenta um segundo objetivo: o isolamento e elucidação estrutural de metabólitos obtidos por estratégias alternativas de ativação de rotas biossintéticas diferenciadas pela adição de moduladores epigenéticos empregando o fungo Botryosphaeria sp., isolado da alga Bostrychia radicans (proveniente do Manguezal do Rio Escuro - Ubatuba - SP). Vale ressaltar que este projeto esta vinculado ao projeto de pesquisa aprovado pela FAPESP (Chamada Microorganismo BIOTA/FAPESP: Processo no 2011/50836-2), intitulado "Estresse ambiental e modulação química e epigenética: estratégias para exploração do perfil metabólico e biológico de fungos endofiticos e cianobactérias marinhas", justificando a importância deste trabalho de Iniciação Científica para o nosso grupo de pesquisa.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.