Busca avançada
Ano de início
Entree

Correlação entre propriedades fotofísicas e morfologia de um sistema multicamada composto por um polímero conjugado e um composto de coordenação ambos fotoluminescentes

Processo: 12/01834-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Teresa Dib Zambon Atvars
Beneficiário:José Carlos Germino
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Polímeros (química orgânica)

Resumo

Trata-se de um projeto de dissertação de mestrado cujo principal objetivo inclui o entendimento dos processos de fotoemissão de um sistema multicamada composto por um polímero fotoluminescente (um derivado do polifluoreno a ser escolhido) com um composto de coordenação luminescente de zinco (II) (sintetizado pelo aluno em seu projeto de Iniciação Científica e já disponível). Este sistema multicamada será montado por deposições simultâneas de cada componente a ser realizada por "spin-coating". A escolha dos dois materiais se baseará na complementaridade de suas cores de fotoemissão. Como o sistema apresenta fotoluminescência, em princípio, pode também apresentar eletroluminescência e sendo este o caso, é possível que a cor seja composta por comprimentos de onda dos dois componentes. A proposta deste projeto é o estudo da correlação entre a morfologia dos filmes produzidos e o perfil espectral da fotoemissão procurando descrever os mecanismos dos processos de transferência de energia que porventura ocorram. Os estudos fotofísicos em condições estacionárias e com resolução temporal em soluções e no estado sólido serão realizados. A morfologia dos filmes formados será estudada por várias técnicas entre elas a perfilometria (espessura e rugosidade), microscopia eletrônica de varredura (morfologia superficial e de fratura), microscopia de epifluorescência (identificação de domínios), microscopia de força atômica (morfologia superficial e rugosidade). Os filmes serão montados na seguinte configuração: vidro/ITO/PEDOT-PSS/camada ativa/eletrodo, que é uma das configurações usuais dos dispositivos eletroluminescentes para simular as condições de fotoemissão o mais próximo possível da forma como os mesmos são utilizados em dispositivos. (AU)