Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da ação da IL-18 sobre a modulação do receptor Dectina-1 em monócitos humanos

Processo: 12/01836-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Aplicada
Pesquisador responsável:Luciane Alarcão Dias-Melicio
Beneficiário:Muriel Borçato Cestari
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Inflamação

Resumo

Introdução: Estudos têm demonstrado que o reconhecimento inicial de microrganismos é mediado por receptores celulares expressos em células da imunidade inata denominados receptores de reconhecimento de padrões (PRRs). Assim, a interação entre moléculas de superfície dos patógenos e receptores homólogos presentes na membrana celular de monócitos, modulam a fagocitose, a ativação da célula e conseqüentemente a produção de citocinas. Trabalhos têm demonstrado a importância da estimulação de receptores toll-like 2 e 4 (TLR2 e TLR4), receptores de manose (MR) e dectina-1 de monócitos, tanto em infecções bacterianas como fúngicas, culminando com indução de produção de várias citocinas. A IL-18 é uma citocina indutora de IFN-gama e possui uma ação extremamente importante, por ser capaz de promover tanto uma resposta do tipo Th1 ou Th2, dependendo do contexto de estimulação e do microambiente de citocinas. Em trabalho recente demonstramos que a IL-18 possui uma ação importante sobre o aumento da expressão de MR em monócitos humanos, e o reconhecimento do Paracoccidioides brasiliensis via MR causaria aumento do crescimento fúngico no interior da célula. Objetivos: Dessa forma, os objetivos do presente projeto serão: a) Avaliar a ação da IL-18 sobre a expressão do receptor dectina-1 por monócitos humanos desafiados in vitro com diferentes cepas do P. brasiliensis; b) Avaliar a participação da dectina-1 na indução da produção de IL-18, TNF-alfa e IL-10 por monócitos desafiados in vitro com diferentes cepas do P. brasiliensis; c) Avaliar a participação da dectina-1 e da IL-18 sobre a atividade de monócitos humanos desafiados in vitro com diferentes cepas de P. brasiliensis, através da análise da atividade fungicida e produção de peróxido de hidrogênio. Sujeitos e Métodos: Monócitos de indivíduos normais serão tratados in vitro com IL-18, desafiados com a cepa virulenta do P. brasiliensis, e a expressão do receptor dectina-1 será realizado pela técnica de citometria de fluxo. A dosagem de IL-18, TNF-alfa e IL-10 será realizada no sobrenadante de cultura de monócitos desafiados com P. brasiliensis utilizando a técnica de ELISA. Portanto, o estudo da interação do P. brasiliensis com o receptor dectina-1 da superfície de monócitos humanos, e a avaliação da ação da IL-18 sobre a modulação deste receptor permitirá uma melhor compreensão das vias de ativação dessas células, podendo desencadear a produção de citocinas pró e/ou anti-inflamatórias durante o confronto fungo-monócito.