Busca avançada
Ano de início
Entree

Genotipagem multilocular de isolados de Giardia duodenalis circulantes em humanos, em cães e na água de comunidades ribeirinhas do Médio Tietê, Estado de São Paulo

Processo: 12/04746-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de abril de 2012
Vigência (Término): 31 de agosto de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia
Pesquisador responsável:Semíramis Guimarães Ferraz Viana
Beneficiário:Ana Paula de Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/52100-3 - Genotipagem multilocular de isolados de Giardia duodenalis circulantes em humanos,em cães e na água de comunidades ribeirinha do médio tiete,estado de São Paulo, AP.R
Assunto(s):Epidemiologia molecular   Caracterização genética   Giardia

Resumo

Neste projeto pretende-se investigar a prevalência de parasitas intestinais em moradores de colônias de pescadores do médio Tietê, localizadas na região administrativa de Botucatu, e dos cães que convivem nesse ambiente. Paralelamente ao estudo da epidemiologia de parasitas intestinais em humanos e cães das colônias, isolados de Giardia obtidos destes dois hospedeiros e de amostras de água bruta superficial do rio serão genotipados com o intuído de pesquisar a ocorrência e a freqüência dos diferentes genótipos de Giardia duodenalis circulantes nesse ambiente. A investigação será desenvolvida nas colônias de pescadores de Porto Said e de Santa Maria da Serra, onde vivem aproximadamente 120 famílias. A prevalência de parasitas entéricos na população humana e de cães será estimada por meio de exames microscópicos de amostras de fezes concentradas por sedimentação e flutuação. Para a pesquisa de cistos de Giardia na água, após a filtração das amostras em membranas de ésteres mistos, o material eluído será submetido às técnicas de separação imunomagnética e de imunofluorescência direta, empregando anticorpos monoclonais específicos. O DNA extraído das amostras fecais e de água positivas para Giardia será submetido a reações baseadas na PCR para amplificação das seqüências dos genes ssrRNA, ²- giardina, gdh, tpi e ITS1-5.8-ITS2. Os fragmentos amplificados serão seqüenciados para caracterização genotípica dos isolados a fim de se verificar a freqüência com que os diferentes genótipos circulam em uma comunidade em que a convivência estreita de pessoas e cães e a falta de condições higiênico-sanitárias são indicativas da possibilidade de transmissão tanto pessoa-a-pessoa, quanto de pessoa-animal e de animal-pessoa e até mesmo as condições que possam favorecer a contaminação do ambiente. As crianças e adultos que apresentarem exames coproparasitológicos positivos serão tratados e, simultaneamente, serão implementadas atividades de educação sanitária em toda a comunidade com o objetivo de reduzir a prevalência das enteroparasitoses.