Busca avançada
Ano de início
Entree

A fuga da sogra: poesia, humor e família em Hecyra

Processo: 12/00726-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Línguas Clássicas
Pesquisador responsável:Isabella Tardin Cardoso
Beneficiário:Aline da Silva Lazaro Bragion
Instituição-sede: Instituto de Estudos da Linguagem (IEL). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Literatura latina   Língua latina   Comédia

Resumo

O presente projeto tem como objeto de pesquisa a comédia Hecyra (A sogra) de Terêncio (185-159 a.C.), uma peça intrigante, mas muito pouco contemplada nos estudos clássicos em nosso país. Nesta etapa do trabalho, objetiva-se a tradução e análise de partes iniciais da peça, que edições modernas apresentam como Prólogo I, Prólogo II e primeiro ato. A existência dos prólogos, ambos tratando de reapresentações, leva estudiosos a crerem que houve, ao menos, três montagens da comédia em questão no período em que foi escrita. Nossa leitura busca observar de que modo os dizeres dos prólogos narram os acontecimentos das duas primeiras tentativas de representação de Hecyra. A hipótese que nos guia é de que um olhar mais atento à forma do texto pode nos levar a uma interpretação diferente da leitura "literal" que normalmente é dedicada a tais passagens. Na análise das primeiras cenas propriamente ditas, pretendemos atentar para o modo como se introduzem temáticas centrais à peça, a saber: o conflito entre sogras e noras, a violência sexual, a misoginia e o conflito entre os sexos. Os dois prólogos serão considerados enquanto momentos de transição entre o mundo dos espectadores e o mundo da ficção de Hecyra; o primeiro ato será analisado como um momento em que a ficção é instaurada dentro do repertório de situações e de personagens do gênero poético em que Terêncio se insere, a comédia nova romana. Por meio de tradução anotada e estudo, o projeto visa, portanto, observar mais de perto, essas duas instâncias de introdução à peça. Palavras-chave: Hecyra, Terêncio, comédia latina, prólogos, literatura latina (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre a bolsa::
O teatro do engano