Busca avançada
Ano de início
Entree

A Leitura infantil como meio humanizador no trabalho com crianças de 0 a 3 anos

Processo: 12/01763-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2012
Vigência (Término): 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação
Pesquisador responsável:Cyntia Graziella Guizelim Simões Girotto
Beneficiário:Thaìs Borella
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Assunto(s):Formação de leitores   Literatura infantojuvenil   Literatura

Resumo

O presente projeto está articulado a um projeto maior financiado pela FAPESP intitulado "Literatura e Primeira Infância: dois municípios em cena e o PNBE (Programa Nacional de Biblioteca na Escola) na formação de crianças leitoras" (processo 2011/50926-1) e tem como objetivo geral estudar e discutir práticas de atividades literárias na primeira infância, que procurem desenvolver nas crianças níveis de humanização, a partir do desenvolvimento de suas capacidades psíquicas necessárias aos momentos da leitura literária, contribuindo para a formação de verdadeiros leitores. Tal formulação é decorrente do fato de que, algumas correntes teóricas e a visão do senso comum consideram que a leitura é procedente do aprendizado da fala, assim como o desenvolvimento cognitivo das crianças para inseri-las no mundo letrado, porém, no nosso entendimento de homem e mundo, desde que nasce a criança já está inserida em um mundo letrado, portanto, desde os primeiros dias ela já tem contato com a língua materna e com a cultura escrita. Pensando sob esta perspectiva é que levantamos a problemática de que no contexto atual, às crianças são ofertadas poucas oportunidades efetivas de trabalho com o letramento literário. No que diz respeito à idade de 0 a 3 anos tal problemática é mais intensificada. Como material e métodos de geração de dados, propomos uma abordagem qualitativa, em que será utilizada a metodologia da observação bem como registro da mesma no diário de bordo e a análise de documentos elaborados pelos professores, para assim, fazer uma análise de como os processos de leitura podem possibilitar o desenvolvimento desses sujeitos e verificar se de fato há nas escolas uma preocupação de trabalhar a literatura como atividade para a apropriação de um dos bens culturais mais importantes criados pela humanidade, e desta forma, pensar em práticas efetivas para tal.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)