Busca avançada
Ano de início
Entree

Estações de Campinas - estudo dos usos sociais do patrimônio ferroviário (Campinas, SP)

Processo: 11/11765-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Turismo
Pesquisador responsável:Eduardo Romero de Oliveira
Beneficiário:Priscila Kamilynn Araujo dos Santos
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rosana. Rosana , SP, Brasil
Assunto(s):São Paulo   Patrimônio industrial   Patrimônio ferroviário   Turismo cultural

Resumo

Tendo como tema principal os usos sociais do patrimônio ferroviário no município de Campinas, São Paulo-SP, este projeto tem por objetivo geral, propor uma reflexão de como se deu o processo de reutilização dos bens ferroviários, realizando um estudo de caso a partir das estações de Campinas. De maneira específica, coletaremos informações sobre os usos atuais de cada uma delas (estação Guanabara, estação da Companhia Paulista, estação Tanquinho e Anhumas), tal como seus respectivos responsáveis. Pretende-se verificar se houveram e/ou se existe algum projeto de reutilização e preservação em relação aos bens estudados. Cabe, além disso, verificar se nos projetos de reutilização estão previstos usos turísticos dos bens ferroviários. Quanto à metodologia de trabalho, serão realizados levantamentos bibliográficos de temas afins à pesquisa e levantamento de informações nos órgãos ou entidades atualmente responsáveis pelos prédios das estações por nós estudadas (prefeitura, Unicamp e ABPF). Esta coleta de informações se dará por meio de entrevistas estruturadas, seguindo um roteiro previamente elaborado. Em relação às informações sobre projetos de preservação, buscaremos documentação relativa aos bens estudados na Secretaria de Cultura e Turismo de Campinas, CONDEPAAC, Unicamp, Estação Guanabara e ABPF. Para avaliação do estado atual de preservação, será produzida uma ficha de inventário do patrimônio industrial edificado e do conjunto industrial. Esta avaliação será realizada através de visitas de campo. No que se refere ao método utilizado para avaliar o uso turístico, especificamente o turismo industrial, este por sua vez, contemplará duas avaliações in locu: infra-estrutura e do perfil do público visitante - as quais serão executadas por meio de um questionário fechado.