Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão de genes relacionados à formação e reabsorção óssea na fase inicial e tardia da reabsorção do rebordo residual em mandíbulas humanas

Processo: 11/15145-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Antonio Olavo Cardoso Jorge
Beneficiário:Elis Andrade de Lima Zutin
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Reabsorção óssea alveolar   Expressão gênica

Resumo

Após a extração dos dentes, segue-se uma fase de remodelação dos ossos alveolares que pode resultar em uma extensa perda na altura óssea dos maxilares, especialmente na mandíbula. O entendimento da reabsorção do rebordo residual (RRR) pode fornecer uma base científica importante para melhorar tratamentos restauradores e terapêuticos da população de desdentados O presente projeto tem como objetivo principal comparar o padrão de expressão dos genes relacionados à formação e à reabsorção óssea no tecido ósseo proveniente de mandíbulas que sofreram a extração dos dentes remanescentes em período inferior a 02 meses (no qual a RRR é mais intensa) e superior a cinco anos (no qual a RRR é menos intensa). Como objetivo secundário, estas características serão analisadas quanto à suas possíveis associações com variáveis clínicas de interesse, como gênero, idade, uso de prótese e dados radiográficos. As amostras de tecido ósseo serão coletadas de 12 pacientes, divididos em dois grupos de igual número: um composto por indivíduos que sofreram extração dentária na área a ser operada há menos de 02 meses; e o outro, por pacientes que tiveram seus últimos dentes mandibulares extraídos há mais de 05 anos. Todos os pacientes terão os seus dados clínicos anotados e a radiografia panorâmica dos pacientes será utilizada para realização de traçados para avaliação de características anatômicas previamente relacionadas com RRR. O RNA das amostras será extraído utilizando o protocolo do Trizol, seguindo as recomendações do fabricante. Todos os RNAs utilizados deverão apresentar pureza entre 1,8 e 2,0 e terão sua qualidade verificada em gel de integridade. A confecção de cDNA será realizada pela técnica do RT-PCR utilizando a enzima Superscript II. Para as análises quantitativas por PCR (RT-PCR em tempo real), todas as reações serão realizadas em placas ópticas de 96 poços específicas para PCR em tempo real, utilizando iniciadores de 42 genes envolvidos no metabolismo ósseo. Os dados serão normalizados com base na expressão do gene constitutivo mais estável para a condição experimental proposta no presente estudo e analisados utilizando o método do ”Ct. A comparação entre os grupos para os dados demográficos e as variáveis clínicas e radiográficas poderá ser avaliada utilizando os testes x2 e de Fisher. Os dados da expressão gênica obtidos nos dois grupos experimentais serão submetidos ao teste-t de Student. Todos os testes estatísticos utilizarão nível de significância de 5%.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ZUTIN, Elis Andrade de Lima. Expressão de genes relacionados à remodelação óssea na fase inicial da reabsorção do rebordo residual em mandíbulas humanas. 2013. 73 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" Instituto de Ciência e Tecnologia..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.