Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do laser e exercícios de alongamento em pacientes com osteoartrite de joelho

Processo: 12/01827-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2012
Vigência (Término): 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Amélia Pasqual Marques
Beneficiário:Sarah Rúbia Ferreira de Meneses
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fisioterapia   Laser de baixa intensidade   Osteoartrite do joelho   Terapia a laser de baixa intensidade

Resumo

Introdução: A osteoartrite (OA) é uma doença prevalente associada a uma significante morbidade, sendo uma das causas mais comuns de limitação funcional e dependência. Este estudo tem como objetivo investigar os efeitos do Laser de baixa intensidade (904nm) e de exercícios de alongamento na dor, amplitude de movimento, flexibilidade, funcionalidade e qualidade de vida de pacientes com OA de joelhos de acordo com os critérios do Colégio Americano de Reumatologia. Casuística e Método: A amostra será constituída por 45 pacientes com idade entre 50 e 75 anos, provenientes do Centro de Reabilitação de Taboão da Serra - SP, que tenham dor no joelho, redução funcional nos últimos três meses e grau entre 2 e 4 de OA pela classificação de Kellgren e Lawrence (1957). Os pacientes serão distribuídos em três grupos: Grupo A - Laser de Baixa Intensidade (LBI) ativo com dose de 3J mais exercícios de alongamento; Grupo B - LBI placebo mais exercícios de alongamento e Grupo C - somente exercícios de alongamento. Nas três primeiras semanas, será feito o tratamento com o LBI totalizando nove sessões (apenas Grupos A e B) e nas oito semanas seguintes serão realizados os exercícios de alongamento totalizando 24 sessões (todos os grupos). Aqueles que realizarão aplicação de laser (Grupos A e B) serão avaliados antes do início da intervenção, ao final da aplicação do LBI (3 semanas) e ao final da intervenção (8 semanas), já o grupo C realizará apenas a avaliação inicial e ao término das sessões de alongamento. A avaliação clínica inclui intensidade da dor pela escala visual analógica (EVA); a funcionalidade pelos Questionário Knee injury and Osteoarthritis Outcome Score (KOOS), Questionário Funcional de Lequesne, Get up and Go Test e teste de caminhada de 8 metros; a amplitude de movimento da flexão e extensão do joelho e encurtamento de isquiotibiais com o goniômetro; a flexibilidade por meio do teste 3° dedo ao solo e a qualidade de vida pelo Questionário KOOS. Os dados serão considerados estatisticamente significante com ±<0,05.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERREIRA DE MENESES, SARAH RUBIA; HUNTER, DAVID JOHN; DOCKO, EUNICE YOUNG; MARQUES, AMELIA PASQUAL. Effect of low-level laser therapy (904 nm) and static stretching in patients with knee osteoarthritis: a protocol of randomised controlled trial. BMC MUSCULOSKELETAL DISORDERS, v. 16, SEP 14 2015. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.