Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do treinamento físico sobre as respostas cardiovasculares e endócrino-metabólicas de mulheres após a menopausa

Processo: 12/06613-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de abril de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Angelina Zanesco
Beneficiário:Aline Pincerato Jarrete
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/17437-7 - Efeito do treinamento físico sobre as respostas cardiovasculares e endócrino-metabólicas de mulheres após a menopausa, AP.R
Assunto(s):Pressão sanguínea   Hipertensão   Óxido nítrico   Exercício físico   Treinamento físico   Pós-menopausa   Mulheres

Resumo

Considerando que a mulher vive cerca de oito anos mais que os homens e que após a menopausa a incidência de hipertensão arterial se eleva nessa população. Além disso, significativas mudanças antropométricas ocorrem com maior deposição de gordura na região visceral e alterações do perfil lipídico, com redução dramática dos níveis plasmáticos de HDL colesterol. Assim, este trabalho possui os seguintes objetivos: Avaliação basal * Avaliar os níveis plasmáticos basais de glicemia; perfil lipídico; cortisol; nitrito/nitrato; GMPc, TBARS, IL-1², IL-6 e TNF-±, angiotensina II e enzima conversora de angiotensina; * Avaliar os valores de pressão arterial sistólica e diastólica basais durante 24 horas através da monitorização ambulatorial da pressão arterial; Avaliação após treinamento físico: * Verificar a influência do exercício físico crônico e da suplementação com L-arginina aguda em mulheres após a menopausa sobre os níveis plasmáticos de glicemia; perfil lipídico; cortisol; nitrito/nitrato; GMPc, IL-1², IL-6 e TNF-±, angiotensina II e enzima conversora de angiotensina; * Avaliar os valores de pressão arterial sistólica e diastólica basais durante 24 horas através da monitorização ambulatorial da pressão arterial após o treinamento físico aeróbio de oito semanas.