Busca avançada
Ano de início
Entree

Perfil da Expressão Gênica em Células do sangue Total de Gestantes com Hiperglicemia Gestacional Leve

Processo: 11/23749-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Marilza Vieira Cunha Rudge
Beneficiário:Rafael Bottaro Gelaleti
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Gravidez   Diabetes mellitus   Análise de sequência com séries de oligonucleotídeos   Expressão gênica

Resumo

O uso de dois testes, aplicados em paralelo (TTG100g e perfil glicêmico (PG)), identificou quatro grupos de gestantes: IA - gestantes não-diabéticas com os dois testes normais; IB - portadoras de hiperglicemia gestacional com apenas o PG alterado; IIA - portadoras de DMG com apenas o TTG 100g alterado e IIB - portadoras de DMG e/ou DM tipo2 com os dois testes alterados. O novo grupo identificado com hiperglicemia gestacional leve (HGL) apresentam intolerância à glicose, são obesas, apresentam resistência à insulina que persiste seis semanas pós parto, tem níveis pressóricos sistólicos e diastólicos mais elevados que as do grupo IA (gestantes não-diabéticas), maior susceptibilidade de desenvolver Diabetes mellitus Tipo 2 (DM2) de 2 a 12 anos após a gravidez índice. Apesar de todas as nossas investigações ainda é necessário definir se essas gestantes representam um grupo diferente das diabéticas gestacionais ou apenas representam etapas mais precoces da mesma patologia. Essa dúvida nos acompanha ao longo dos últimos 25 anos, pois encontramos nessas gestantes alguns parâmetros clínicos, laboratoriais, placentários e de risco de desenvolvimento de DM2 num nível intermediário entre as gestantes normais e as portadoras de DMG. Dessa maneira, aprofundar a identificação dessas gestantes portadoras de HGL permitirá um avanço do conhecimento em relação à possível "janela de oportunidades" que a gestação está dando a essas mulheres. Se isto for confirmado com este projeto de avaliação da EXPRESSÃO GÊNICA poderemos caminhar na prevenção do DM2 e da nova síndrome denominada "diabesidade". O presente estudo objetiva avaliar o perfil de expressão gênica no grupo Hiperglicemia Gestacional Leve (HGL) para identificar marcadores genéticos que estejam relacionados à resistência à insulina e às alterações na homeostase da glicose causando, conseqüentemente, alterações no organismo materno que repercutem no desenvolvimento fetal e placentário. Serão avaliadas mulheres atendidas no Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina- UNESP, Botucatu - SP, e selecionadas com base na ausência de doenças crônicas e infecciosas e não fumantes. As pacientes submetidas ao rastreamento e aos dois testes diagnósticos serão classificadas nos quatro grupos de gestantes com rastreamento positivo para diabete. Serão coletadas amostras de sangue periférico dos diferentes grupos e essas amostras serão processadas imediatamente para posterior extração de RNA, expressão gênica de larga escala e análise/interpretação dos dados de expressão. Os genes com alteração de expressão gênica serão submetidos à análise de redes, vias gênicas, doenças relacionadas e função celular ou molecular com a utilização do software Ingenuity Pathways Analysis (IPA) (Ingenuity Systems).

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GELALETI, RAFAEL B.; DAMASCENO, DEBORA C.; SALVADORI, DAISY M. F.; CALDERON, IRACEMA M. P.; COSTA, ROBERTO A. A.; PICULO, FERNANDA; MARTINS, DAVID C.; RUDGE, MARILZA V. C. Gene expression profile of whole blood cells differs in pregnant women with positive screening and negative diagnosis for gestational diabetes. BMJ OPEN DIABETES RESEARCH & CARE, v. 4, n. 1 FEB 2016. Citações Web of Science: 1.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GELALETI, Rafael Bottaro. Avaliação no padrão de expressão gênica em células do sangue total de gestantes diabéticas e com hiperglicemia gestacional leve. 2016. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Medicina..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.