Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação da atividade espontânea de ratos por gravimetria e relações com a capacidade aeróbia e expressão gênica de MCTs 1 e 4: efeitos da idade e do treinamento físico

Processo: 11/16222-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Claudio Alexandre Gobatto
Beneficiário:Pedro Paulo Menezes Scariot
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Limeira , SP, Brasil
Assunto(s):Fisiologia do exercício

Resumo

As atividades espontâneas e voluntárias são comportamentos extremamente importantes e refletem características da vida animal. Contudo em animais de laboratório, a exposição a confinamentos (gaiolas) e privação de comportamentos locomotores naturais, pode promover indução ao sedentarismo e competir com melhoras na capacidade aeróbia e anaeróbia, em modelos experimentais envolvendo exercício fisico crônico. Embora as atividades espontânea e voluntária sejam amplamente estudadas em áreas comportamentais, tais parâmetros são pouco relacionados com a capacidade aeróbia natural de roedores, especialmente a expressão de MCT1 e 4. Nesse sentido, o objetivo do presente projeto baseia-se na determinação das atividades voluntária (roda de atividade) e espontânea (sistema de gravimetria via celulas de carga-(strain gages). A roda de atividade será instalada na gaiola para mensuração diária da atividade voluntária. O sistema de gravimetria consistirá em um equipamento capaz de analisar as respostas de força sobre a gaiola geradas pela ação muscular, independente da atividade cinemática dos animais, com monitoração de 24hs em freqüência de aquisição de 1000Hz. As determinações das intensidades de esforço aeróbios e anaeróbios serão obtidas pelo teste de lactato mínimo. Com isso, espera-se verificar as relações entre a atividade espontânea e voluntária sobre a capacidade aeróbia e expressão gênica de MCTs 1 e 4 em função da idade, treinamento físico, livre acesso a roda de atividade e amplo espaço na gaiola.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SCARIOT, PEDRO P. M.; MANCHADO-GOBATTO, FULVIA DE BARROS; TORSONI, ADRIANA S.; DOS REIS, IVAN G. M.; BECK, WLADIMIR R.; GOBATTO, CLAUDIO A. Continuous Aerobic Training in Individualized Intensity Avoids Spontaneous Physical Activity Decline and Improves MCT1 Expression in Oxidative Muscle of Swimming Rats. FRONTIERS IN PHYSIOLOGY, v. 7, APR 18 2016. Citações Web of Science: 4.
MENEZES SCARIOT, PEDRO PAULO; MANCHADO-GOBATTO, FULVIA DE BARROS; TORSONI, ADRIANA SOUZA; TORSONI, MARCIO ALBERTO; MASSELLI DOS REIS, IVAN GUSTAVO; BECK, WLADIMIR RAFAEL; GOBATTO, CLAUDIO ALEXANDRE. Wide housing space and chronic exercise enhance physical fitness and adipose tissue morphology in rats. APPLIED PHYSIOLOGY NUTRITION AND METABOLISM, v. 40, n. 5, p. 489-492, MAY 2015. Citações Web of Science: 2.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SCARIOT, Pedro Paulo Menezes. Determinação da atividade espontânea de ratos por gravimetria e relações com a capacidade aeróbia e expressão gênica de MCTs 1 e 4 : efeitos da idade e do treinamento físico. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Ciências Aplicadas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.