Busca avançada
Ano de início
Entree

Políticas de escritas afirmativas: estudo sobre as estratégias de estudantes cotistas para lidar com as práticas de letramento acadêmicas

Processo: 12/01311-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Linguística Aplicada
Pesquisador responsável:Angela Del Carmen Bustos Romero de Kleiman
Beneficiário:Luanda Rejane Soares Sito
Instituição-sede: Instituto de Estudos da Linguagem (IEL). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Ações afirmativas (política)   Negros   Indígenas   Cota racial   Letramento

Resumo

Na América Latina, o século XXI iniciou com a exigência e a implementação de políticas de ações afirmativas no ensino superior, com o objetivo de abrir suas portas a estudantes advindos de grupos historicamente marginalizados física e culturalmente do espaço acadêmico. Contudo, esse ingresso instaura hipóteses paradoxais: enquanto, para alguns, os estudantes que ingressam por ação afirmativa não terão capacidade para lidar com as demandas acadêmicas, para outros, ao contrário, esses estudantes não só terão sucesso em sua formação como serão capazes de romper com os discursos hegemônicos e propor novas formas de produção de conhecimento. Ao acompanhar experiências de ações afirmativas no ensino superior do Brasil e da Colômbia, percebe-se que estudantes cotistas ficam num fogo cruzado entre aqueles que desconsideram seus saberes locais e não acreditam no seu sucesso, e aqueles que apostam que eles redimensionarão o espaço da produção do conhecimento, sendo agentes de questionamentos e mudanças. Alinhado aos Estudos de Letramento no campo da Linguística Aplicada, este projeto de doutorado objetiva analisar como estudantes que ingressaram na Universidade por políticas afirmativas lidam com as práticas de letramento exigidas na Academia. Esta pesquisa será de cunho etnográfico e terá como corpus de análise um conjunto de dados gerados por meio de rodas de conversa, entrevistas e textos produzidos pelos estudantes, dados que serão posteriormente triangulados. Ao aproximar experiências de políticas reparatórias do Brasil e da Colômbia, este projeto busca inserir-se no campo de discussões sobre multiculturalismo, interculturalidade e políticas afirmativas para populações vítimas do racismo no contexto latino-americano. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SITO, Luanda Rejane Soares. Escritas afirmativas : estratégias criativas para subverter a colonialidade em trajetórias de letramento acadêmico. 2016. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Estudos da Linguagem.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.