Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo dò papel dás proteínas dò Vírus da Hepatite C N‚O desenvolvimento dè hepatocarcinoma

Processo: 12/01403-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 30 de abril de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia
Pesquisador responsável:Paula Rahal
Beneficiário:Cintia Bittar Oliva
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Virologia   Vírus da hepatite C

Resumo

A Hepatite C é um problema de saúde mundial sendo a incidência estimada de infecção por HCV de 2,2%, correspondendo a 130 milhões de pessoas soropositivas no mundo. Estima-se que mais de 75% dos indivíduos soropositivos desenvolvam uma infecção crônica que pode levar a cirrose hepática e em alguns casos ao carcinoma hepatocelular (HCC). O HCC é a terceira maior causa de morte por câncer em adultos. A princípio acreditava-se que a grande incidência de HCC em pacientes infectados por HCV era uma conseqüência indireta da infecção viral, contudo hoje se acredita que as proteínas virais possuam um papel direto na hepatocarcinogênese. Apesar de algumas proteínas virais terem demonstrado potencial hepatocarcinogênico, ainda existem muitas perguntas e muito a se estudar para compreender o papel do vírus da Hepatite C no desenvolvimento do câncer. Neste trabalho propomos a utilização de cultura de hepatócitos primários humanos para investigar o efeito das proteínas virais NS2 e NS5A em vias celulares importantes para a transformação celular. O potencial carcinogênico da proteína NS5A vem sendo estudado, contudo devido a sua característica multifuncional e por suas funções não serem totalmente elucidadas, esta constitui um importante alvo de estudos como este. A proteina NS2, é uma proteína pouco estudada no contexto da hepatocarcinogênese, porém resultados preliminares indicam um potencial inibitório sobre a proteína p53, de conhecida importância na supressão tumoral. Entender como as proteínas virais estão modulando o ambiente celular e que vias estão sendo afetadas, são de fundamental importância para o desenvolvimento de tratamentos que não só eliminem o vírus, mas que também confiram alguma proteção ao desenvolvimento de uma futura doença crônica do fígado, como o hepatocarcinoma.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SHIMIZU, JACQUELINE FARINHA; LIMA, CAROLINE SPRENGEL; PEREIRA, CARINA MACHADO; BITTAR, CINTIA; BATISTA, MARIANA NOGUEIRA; NAZARE, ANA CAROLINA; POLAQUINI, CARLOS ROBERTO; ZOTHNER, CARSTEN; HARRIS, MARK; RAHAL, PAULA; REGASINI, LUIS OCTAVIO; GOMES JARDIM, ANA CAROLINA. Flavonoids from Pterogyne nitens Inhibit Hepatitis C Virus Entry. SCIENTIFIC REPORTS, v. 7, NOV 23 2017. Citações Web of Science: 3.
SHIMIZU, JACQUELINE FARINHA; PEREIRA, CARINA MACHADO; BITTAR, CINTIA; BATISTA, MARIANA NOGUEIRA; FERNANDES CAMPOS, GUILHERME RODRIGUES; DA SILVA, SUELY; OLIVEIRA CINTRA, ADELIA CRISTINA; ZOTHNER, CARSTEN; HARRIS, MARK; SAMPAIO, SUELY VILELA; AQUINO, VICTOR HUGO; RAHAL, PAULA; GOMES JARDIM, ANA CAROLINA. Multiple effects of toxins isolated from Crotalus durissus terrificus on the hepatitis C virus life cycle. PLoS One, v. 12, n. 11 NOV 15 2017. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.