Busca avançada
Ano de início
Entree

Patrimônio cultural do Vale Histórico Paulista: análise da vulnerabilidade às mudanças climáticas

Processo: 12/04357-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de abril de 2012
Vigência (Término): 30 de abril de 2013
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Convênio/Acordo: Condephaat
Pesquisador responsável:Silvia Helena Zanirato
Beneficiário:Ravi Orsini Camargo de Souza
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/51016-9 - Patrimônio cultural do vale histórico paulista: análise da vulnerabilidade às mudanças climáticas, AP.R
Assunto(s):Mudança climática   Patrimônio cultural

Resumo

O objetivo da pesquisa é identificar, caracterizar e mapear bens culturais, materiais, situados no Vale Histórico de São Paulo, avaliar a vulnerabilidade física das edificações dentro dos cenários climáticos projetados para essa região até o fim do século XXI e delinear diretrizes de políticas públicas para a contenção de danos. Os lugares selecionados para a análise distribuem-se pelos municípios de Arapeí, Areias, Bananal, Queluz, São José do Barreiro e Silveiras; lugares onde se veem igrejas, casarões e solares em estilo colonial e neoclássico, situados no alinhamento de ruas calçadas com paralelepípedos, e com fazendas cujas sedes são palacetes, decorados com móveis importados e com afrescos nas paredes. Quase todas essas edificações foram construídas usando as técnicas da taipa de pilão e pau-a-pique, apresentando como principais materiais estruturais e decorativos compósitos argilosos, madeiras, metais e derivados de fibras naturais. O Vale Histórico é também uma região considerada de alta vulnerabilidade (exposição e susceptibilidade) às mudanças climáticas, devendo-se esperar para ela aumento nos teores médios e nos ciclos anuais de umidade relativa e temperatura, com impactos potenciais nos materiais, em particular no que diz respeito os efeitos decorrentes do crescimento de microrganismos. A avaliação de sua vulnerabilidade constará de uma caracterização físico-química dos tipos de materiais e seu estado de conservação, bem como de uma avaliação de sua fragilidade e um estudo sobre a resposta microbiológica de fungos e bactérias frente às mudanças climáticas projetadas. A expectativa é a de gerar informações acerca da vulnerabilidade do patrimônio cultural do Vale Histórico que possam subsidiar ações de prevenção dos danos possíveis de ocorrer aos bens referidos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)