Busca avançada
Ano de início
Entree

Unidade de prática profissional enquanto espaço de construção de conhecimento: perspectiva dos estudantes do curso de medicina da Famema

Processo: 11/22927-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2012
Vigência (Término): 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Ensino-aprendizagem
Pesquisador responsável:Sílvia Franco da Rocha Tonhom
Beneficiário:Lucas Noda Fleury
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Marília (FAMEMA). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). Marília , SP, Brasil
Assunto(s):Avaliação da aprendizagem   Prática profissional   Desenvolvimento profissional   Ensino superior   Medicina

Resumo

A Faculdade de Medicina de Marília (Famema) construiu um currículo integrado e orientado por competência dialógica, sendo a Unidade de Prática Profissional (UPP) uma das unidades educacionais desenvolvidas no processo de ensino e aprendizagem. Na UPP realizam-se ciclos pedagógicos, visando à construção do conhecimento a partir das vivências e experiências da prática profissional; o processo de aprendizagem se dá por descoberta e os conteúdos vão sendo apreendidos à medida que fazem sentido frente à situação vivenciada. Utiliza-se a pedagogia da problematização e as atividades, mediadas por um professor, são organizadas para realizar o cuidado às necessidades individuais e coletivas de saúde em diferentes contextos bem como a organização e gestão do processo de trabalho em saúde, tal qual ocorre no mundo do trabalho. Para tal, são desenvolvidos os seguintes passos: vivência da prática; reflexão desta elaborando a primeira síntese em grupo, reconhecendo os conhecimentos prévios e suas lacunas, levantando hipóteses e formulando questões de aprendizagem; busca individual de informações em diversas fontes; a discussão das questões respondidas com a reflexão da prática com intenção de transformá-la, elaborando-se a nova síntese. A avaliação do processo, realizada por professor e estudantes, constitui o momento de finalização do ciclo pedagógico. Esses momentos são registrados no portfólio reflexivo. Outro momento de aprendizagem da UPP configura-se no Laboratório de Prática Profissional (LPP) que é estruturado a partir da simulação de situações da prática que proporciona aos estudantes um ambiente de segurança e desenvolve a competência. Para ser integrada e coerente com os princípios do currículo a avaliação do processo ensino aprendizagem teve intensificada a função diagnóstica e contemplou o desempenho esperado para cada série. O professor avalia como o estudante mobiliza articuladamente os recursos cognitivos, psicomotores e afetivos desenvolvidos nas atividades de ensino-aprendizagem, em situações reais ou simuladas e a partir da avaliação do desempenho do estudante infere sua competência profissional. A avaliação é referenciada em critérios e ao seu rendimento é atribuído o conceito satisfatório ou insatisfatório. Neste contexto percebe-se ainda uma forte mudança no papel dos serviços e dos profissionais de saúde na formação profissional; mudança no papel da escola e dos docentes na relação com estudantes/profissionais e com os parceiros. Considerando-se o currículo definido e as percepções identificadas de forma empírica, surgiram questionamentos se o processo da UPP na Famema se constitui enquanto espaço de construção de conhecimento; se têm ocorrido fragilidades na construção de conhecimento nas atividades da UPP; como vem se dando o processo ativo de ensino e aprendizagem; qual tem sido o papel do professor no processo ensino e aprendizagem e como está compreendido pelos estudantes o processo ensino-aprendizagem no cotidiano num currículo orientado por competência dialógica. Dessa forma, este estudo tem como objetivo analisar o processo de ensino e aprendizagem na Unidade de Prática Profissional (UPP) na perspectiva dos estudantes do Curso de Medicina da Faculdade de Medicina de Marília e será desenvolvida por meio de estudo qualitativo, com a anuência do Comitê de Ética em Pesquisa Envolvendo Seres Humanos da Famema parecer nº 911/11. A seleção dos sujeitos será por amostra intencional para a qual serão sorteados três estudantes de cada série sendo cada estudante necessariamente pertencente a um grupo de UPP distinto, totalizando uma amostra de 18 estudantes. Caso necessário, a amostra será ampliada sendo considerada a inclusão progressiva e a mesma será interrompida ao atingir o critério da saturação, A coleta de dados será realizada pela técnica de entrevista semiestruturada que serão gravadas e transcritas e para a análise dos mesmos será utilizada a técnica de análise de conteúdo. (AU)