Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de mecanismos responsáveis pelos efeitos benéficos da restrição calórica

Processo: 12/04079-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 31 de maio de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Marcelo Alves da Silva Mori
Beneficiário:Bruna Brasil Brandao
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/52557-0 - Identificação de mecanismos responsáveis pelos efeitos benéficos da restrição calórica, AP.JP
Assunto(s):Envelhecimento   Restrição calórica   Dicer   MicroRNAs   Tecido adiposo

Resumo

A restrição calórica promove efeitos benéficos à saúde e prolonga a expectativa de vida em diversas espécies, de levedura a primatas. Recentemente nosso grupo identificou um fenômeno conservado evolutivamente que está diretamente associado ao processo de envelhecimento e que pode ser revertido pela restrição calórica. Este fenômeno é caracterizado pela disfunção progressiva do processamento de microRNAs em tecidos responsáveis pelo controle não-autônomo da expectativa de vida, dentre eles o tecido adiposo. Determinamos assim não só um mecanismo pelo qual organismos modulam o processo de envelhecimento, mas também um biomarcador que pode ser usado para o estudo do efeito da restrição calórica em várias espécies. O objetivo da presente proposta é portanto utilizar este biomarcador como leitura principal, e ao integrá-lo a parâmetros metabólicos e bioquímicos, identificar fatores que contribuem para os efeitos da restrição calórica em células do tecido adiposo. Para isso, realizaremos experimentos onde: 1) Restringiremos componentes específicos do meio de cultura de pré-adipócitos; 2) Incubaremos essas células com o soro de animais submetidos à restrição calórica; e 3) Estimularemos ou inibiremos farmacologicamente importantes vias metabólicas de pré-adipócitos. Avaliaremos o processamento de miRNAs e a susceptibilidade ao estresse dessas células. Com isso buscamos entender como o processamento de miRNAs é regulado no tecido adiposo em resposta à restrição calórica, vislumbrando propor intervenções que mimetizem seus efeitos benéficos e ainda os desvinculem das exigências metabólicas e comportamentais que geralmente acompanham a auto-restrição alimentar.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEREIRA, CATIA M.; FILEV, RENATO; DUBIELA, FRANCISCO P.; BRANDAO, BRUNA B.; QUEIROZ, CLAUDIO M.; LUDWIG, RAISSA G.; HIPOLIDE, DEBORA; LONGO, BEATRIZ M.; MELLO, LUIZ E.; MORI, MARCELO A.; CASTILHO, BEATRIZ A. The GCN2 inhibitor IMPACT contributes to diet-induced obesity and body temperature control. PLoS One, v. 14, n. 6 JUN 5 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.