Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização físico-hídrica do solo após instalação de dois sistemas de manejo do solo (sistemas agroflorestais e orgânico) no assentamento Luiz David de Macedo, município de Apiaí, SP.

Processo: 11/22362-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 30 de abril de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Miguel Cooper
Beneficiário:Camila Carolina de Carvalho
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Pedologia   Sistemas de cultivo   Sistemas agroflorestais   Conservação do solo   Manejo do solo   Cobertura vegetal   Micromorfologia do solo   Granulometria do solo   Apiaí (SP)

Resumo

Este estudo pretende caracterizar os solos após a aplicação de diferentes sistemas de cobertura vegetal na evolução dos atributos físico-hídricos do solo, a fim de avaliar a sustentabilidade dos sistemas de cultivo adotados em relação à conservação do solo local, visando a qualidade e o funcionamento hídrico para a cultura do tomate orgânico e sistemas agroflorestais. Este estudo será conduzido no município de Apiaí - SP, no contexto do projeto "Evolução do funcionamento físico-hídrico do solo em diferentes sistemas de manejo no assentamento "Luiz David de Macedo", município de Apiaí, SP", financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq, processo nº 574411/2008-9). Será analisada a evolução do funcionamento hídrico do solo sob a cultura do tomateiro em sistema orgânico e de sistemas agroflorestais. A avaliação da evolução dos atributos físico-hídricos do solo será realizada através do monitoramento da evolução da densidade, umidade, micromorfologia e granulometria do solo, condutividade hidráulica e dos atributos químicos de rotina. Através dos resultados obtidos, o projeto pretende interpretar, discutir e fornecer informações sobre o quanto as práticas agrícolas interferem na conservação do solo, descrevendo as principais relações existentes entre os atributos físico-hídricos, visando à manutenção da qualidade e o funcionamento do solo, para contribuir na preservação dos recursos naturais locais, utilizando sistemas de manejo sustentáveis.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)