Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de sistema nanoestruturado de alta estabilidade para carreamento de ativos cosméticos com segurança e eficácia

Processo: 12/06227-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE  
Vigência (Início): 01 de abril de 2012
Vigência (Término): 30 de novembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Paula Aboud Barbugli
Beneficiário:Paula Aboud Barbugli
Empresa:Nanomed Nanotecnologia em Saúde e Bem-Estar Ltda
Vinculado ao auxílio:11/51451-7 - Desenvolvimento de sistema nanoestruturado de alta estabilidade para carreamento de ativos cosméticos com segurança e eficácia, AP.PIPE
Assunto(s):Nanopartículas   Cosméticos   Materiais nanoestruturados   Biopolímeros   Nanotecnologia

Resumo

A Nanotecnologia representa um marco nas Ciências dos materiais devido à possibilidade de produzir em escala nanométrica materiais com propriedades físicas, químicas e biológicas excepcionais. Dentre as inúmeras aplicações desta tecnologia destaca-se o crescimento na demanda e produção de cosméticos a base de nanomateriais. São os chamados nanocosméticos. Trata-se de formulações como nanoemulsões lipídicas ou nanocápsulas, nanoesferas e lipossomas, que agregam maior qualidade, eficácia e valor comercial aos produtos. Entre os benefícios que a nanotecnologia pode trazer aos cosméticos, destacam-se a melhor penetração de ingredientes na pele e nos cabelos, a estabilização de substâncias, a melhoria da eficácia e do sensorial dos produtos e a possibilidade de liberação controlada dos ativos. Contudo, um dos desafios a serem superados refere-se à baixa estabilidade de sistemas nanoestruturados nas bases cosméticas comerciais, levando à agregação ou perda de propriedades. Este projeto PIPE Fase I tem como proposta desenvolver um sistema nanoestruturado a base de biopolímeros (quitosana e poliácido lático), que seja altamente estável e compatível com bases cosméticas (veículos) mais amplamente utilizadas em Cosmetologia, os hidrogéis e as emulsões oleosas. Tais produtos, com o conceito de Taylor-made, ou seja, produzidos especificamente para uma base, ainda não se encontram no mercado. Inicialmente, e como prova de conceito, serão incorporados ativos hidrofílicos como isoflavonas, L-prolina e pró-vitamina B5 nos nanomateriais aqui propostos. Tais moléculas são instáveis e/ou incapazes de atingir camadas profundas da pele e/ou cabelos sem que haja um sistema de veiculação adequado. O objetivo e principal vantagem do sistema nanoestruturado proposto é poder oferecer às indústrias e empresas produtoras do setor um insumo nanotecnológico nacional com ampla aplicabilidade. Isto consiste em oferecer uma matéria-prima eficaz, segura e certificada que possa ser incorporada facilmente, com estabilidade garantida, tanto em géis como em cremes e emulsões, otimizando a produção de nanocosméticos. (AU)