Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção de enzimas ligninolíticas, glioxal oxidase e proteases por fungos marinhos

Processo: 12/00085-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 30 de abril de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Lara Durães Sette
Beneficiário:Ramon Peres Brexó
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/50190-2 - Investigação do potencial biotecnológico e metabólico de organismos marinhos para processos de biorremediação e produção de substâncias com atividades anti-virais, anti-leishmania e anti-inflamatória (Biodiversidade Marinha), AP.BTA.TEM
Assunto(s):Peptídeo hidrolases

Resumo

Os fungos filamentosos derivados de ambientes marinhos são promissores para exploração biotecnológica, visto que, este habitat cobre mais de 70% da superfície do planeta e por ser a micologia marinha uma ciência recente onde pouco se conhece sobre a biodiversidade e os potenciais recursos genéticos provenientes desses organismos. Atualmente, a análise e aplicação da capacidade catabólica de micro-organismos é promissora no controle e destruição de compostos orgânicos contaminantes, além de apresentar grande aplicabilidade em importantes processos industriais. Levando em consideração essas tendências, o presente projeto tem como finalidade analisar a produção de enzimas ligninolíticas lignina peroxidase (LiP) e manganês peroxidase (MnP), e glioxal oxidase (GLOX), bem como avaliar a produção de proteases. Tais enzimas possuem potencial aplicação biotecnológica, em diversos setores sócio-econômicos como a biorremediação de efluentes de indústria têxtil, degradação de explosivos nitrados, pesticidas, polímeros e hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, bem como na indústria de papel e celulose, de alimentos, de couro, farmacêutica, cosmética, entre outras. Cabe ressaltar que este projeto está associado ao Temático da Fapesp 2010/50190-2 "Investigação do potencial biotecnológico e metabólico de organismos marinhos para processos de biorremediação e produção de substâncias com atividades anti-virais, anti-Leishmania e anti-inflamatória ".

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.