Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação in vitro da eficácia e durabilidade da ação de agentes dessensibilizantes na redução da permeabilidade dentinária

Processo: 12/06980-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 31 de outubro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Carlos Rocha Gomes Torres
Beneficiário:Beatriz Pedrique
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOSJC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/52077-1 - Avaliação in vitro da eficácia e durabilidade da ação de agentes dessensibilizantes na redução da permeabilidade dentinária, AP.R
Assunto(s):Permeabilidade da dentina   Escovação dentária   Dentística

Resumo

O objetivo desse estudo será avaliar o efeito de diferentes tipos de agentes dessensibilizantes na redução da permeabilidade dentinária, assim como a durabilidade da oclusão tubular, verificada após ciclos de escovação, desafio ácido erosivo e armazenagem em saliva.Material e Método: Serão utilizados 198 dentes incisivos bovinos, obtendo-se discos de dentina com 6mm de diâmetro e 1mm de espessura. A permeabilidade dentinária será medida na presença da smear layer e após a abertura tubular. Os espécimes serão divididos em 12 grupos (n=10), de acordo com o dessensibilizante utilizado: PF)Profluorid Varnish - Verniz a base de NaF a 5% (Voco); BF)Bifluoride 12 - Verniz a base de NaF a 6% e CaF2 a 6% (Voco); VES)Verniz experimental sem flúor; VE6)Verniz experimental com 6% de NaF; VE12)Verniz experimental com 12% de NaF; VE6-6)Verniz experimental com 6% de NaF e 6% de CaF2; AP)Admira Protect (Voco); CS) Colgate Sensitive Pro-Alívio para uso profissional (Colgate); NP) NanoP (FGM); OP)Gel de oxalato de potássio a 3%; FS)Gel de NaF a 2%; OPFS) Gel de oxalato de potássio a 3% e NaF a 2%; CON) Grupo controle - Nenhum tratamento. Após a aplicação, os espécimes serão imersos em saliva artificial por 24h e a permeabilidade mensurada. A seguir eles serão submetidos a 10.950 ciclos de escovação e a permeabilidade novamente mensurada. Eles serão então expostos ao desafio erosivo, e novamente avaliados. Os espécimes serão imersos em saliva artificial por 12 meses, em estufa a 37æC, sendo avaliados após 6 e 12 meses. Cinco discos de dentina serão preparados para cada tipo de dessensibilizante, sendo avaliados em Microscopia Eletrônica de Varredura nos mesmos momentos e condições da avaliação da permeabilidade (Após a aplicação, Após a escovação, Após o desafio ácido, Após 6 meses e 12 meses em saliva). Os espécimes serão fraturados para observação da superfície e do longo eixo dos túbulos.