Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da maturação epididimária em cães

Processo: 11/15689-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 30 de setembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Camila Infantosi Vannucchi
Beneficiário:Daniel de Souza Ramos Angrimani
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil

Resumo

Os epidídimos são estruturas formadas por um ducto enovelado que conecta o ducto eferente ao ducto deferente, sendo dividido nos segmentos: cabeça, corpo e cauda. O trânsito dos espermatozóides, que são produzidos nos testículos, ao longo do epidídimo promove alterações morfo-funcionais nas células, como alterações na membrana plasmática e no acrossoma, determinando, no final do processo, células com motilidade progressiva e capazes de fertilizar, este processo é denominado de maturação espermática. Durante o percurso que o espermatozóide percorre pelo epidídimo, o fluido ao qual é exposto sofre alterações substanciais em sua composição, contribuindo para a maturação dos espermatozóides. A técnica de recuperação do sêmen diretamente do epidídimo é um recurso que permitir a aquisição de material genético após castração ou post mortem, alternativa para a reprodução de animais de alto valor zootécnico, além de propiciar estudos sobre a maturação espermática. Todavia, as características seminais destas amostras ainda não foram precisamente determinadas nos cães, a espécie de escolha como modelos biológicos para estudos em animais silvestres e do epidídimo humano. Em face do exposto, o objetivo desta pesquisa é promover o estudo da maturação dos espermatozóides caninos, analisando o perfil lipídico da membrana plasmática das células, traçando um perfil da atividade flagelar, mitocondrial e acrossomal durante o transito epididimário e detectando e quantificando as proteínas presentes no plasma epididimário, contribuindo para maiores elucidações quanto aos aspectos fisiológicos da maturação espermática.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RAMOS ANGRIMANI, DANIEL S.; NICHI, MARCILIO; LOSANO, JOAO DIEGO A.; LUCIO, CRISTINA F.; LIMA VEIGA, GISELE A.; JUNQUEIRA FRANCO, MARCIA V. M.; VANNUCCHI, CAMILA I. Fatty acid content in epididymal fluid and spermatozoa during sperm maturation in dogs. JOURNAL OF ANIMAL SCIENCE AND BIOTECHNOLOGY, v. 8, FEB 8 2017. Citações Web of Science: 10.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ANGRIMANI, Daniel de Souza Ramos. Estudo da maturação epididimária em cães. 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.