Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da expressão de genes regulados pela proteína dermicidina nas células do melanoma maligno g-361 pelo método de dna-microarray

Processo: 12/02497-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 30 de abril de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:José Ernesto Belizario
Beneficiário:Nancy Marcela Pérez Sosa
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Oncologia   Análise de sequência com séries de oligonucleotídeos   Expressão gênica

Resumo

A proteína dermicidina (DCD) é codificada por um gene localizado na porção 12q13.1 do cromossomo 12, presente apenas em primatas e humanos. A proteína é secretada por células de glândulas exócrinas da pele, melanócitos, neurônios e células epiteliais da mama normal. Alguns estudos mostraram a importância da proteína DCD em processos oncogênicos nos carcinomas de mama, próstata e melanoma, revelados por seu papel como um fator de crescimento e sobrevivência celular. Nos estudos realizados no nosso laboratório mostramos que a DCD é expressa em células normais da pele, placenta, cérebro e em vários tumores, incluindo os carcinomas de mama e melanoma maligno. Ensaios biológicos e bioquímicos mostraram que o "knockdown" na expressão de DCD no melanoma maligno G-361 via RNA de interferência (RNAi) diminuiu significativamente o crescimento in vitro em cultura celular e a formação de tumores em camundongos Nude. Resultados similares foram obtidos quando camundongos Nude transplantados com células de melanoma G-361 foram tratados com anticorpos policlonais de coelhos contra a proteína DCD, administrados uma vez por semana por 5 semanas. No presente projeto pretende-se identificar os genes diferencialmente expressos em células do melanoma maligno G-361 controle e células expressando RNAi para a DCD analisando a expressão gênica global pela tecnologia de microarranjo de DNA (GeneChip Human 1.0 ST array). Os genes diferencialmente expressos (> 3-vezes) entre os grupos controle e expressando RNAi serão validados por ensaios de expressão por PCR em tempo real, imuno-histoquímica, Western-blot e imunofluorescência indireta. Pretende-se também fazer avaliações funcionais de vias de sinalização intracelular de proliferação e resistência à morte celular. Espera-se mostrar com estes estudos que a proteína DCD atua como um oncogene promovendo a transcrição de genes envolvidos na transformação e progressão dos melanócitos normais a melanócitos malignos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BELIZARIO, JOSE E.; SANGIULIANO, BEATRIZ A.; VIANA-SANTOS, BEATRIZ; PEREZ-SOSA, MARCELA; CALDEIRA, IZABELA. Microscopes and technologies for imaging cells and their protein networks: From nano to atomic scale resolution. TECHNOLOGY, v. 5, n. 2, p. 61-73, . (07/59800-5, 12/02497-7, 05/56909-0)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SOSA, Nancy Marcela Pérez. Análise da expressão de genes regulados pela proteína Dermicidina nas células do melanoma maligno G-361 pelo método de DNA-microarray. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina (FM/SBD) São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.