Busca avançada
Ano de início
Entree

Origem e distribuição do plexo braquial de araras (Ara spp., Linnaeus, 1758 )

Processo: 12/04543-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 30 de abril de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Pesquisador responsável:Maria Angelica Miglino
Beneficiário:Kamal Achôa Filho
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Anatomia animal   Psittacidae   Arara   Plexo braquial

Resumo

As Araras (Ara spp, Linnaeus, 1758) são aves pertencentes à ordem Psittaciformes, que inclui papagaios, periquitos, entre outros. Vivem rigorosamente em casais, permanecendo unidos por toda a vida. As cores fortes e alegres e sua vocalização inconfundível são algumas das suas características mais marcantes, tornando-as as espécies de aves que mais representam o Brasil. Atualmente, são reconhecidas seis espécies de Araras: Anodorhynchus hyacinthinus, Anodorhynchus leari, Anodorhynchus glaucus, Ara Ararauna, Ara macao e Ara chloropterus. As asas, seu principal membro locomotor, são dotadas de complexas estruturas vasculares, musculares e nervosas. Sua forte musculatura é inervada pelos nervos do Plexo Braquial. As asas podem ser acometidas por uma série de injúrias, de origem traumática ou fisiológica, atingindo tanto as aves encontradas em cativeiros quanto as aves de vida livre. Contudo, a domesticação e o tráfico de animais estão entre as principais causas de lesões graves nas asas que levam à perda total da função deste órgão. Sendo assim, este trabalho tem o objetivo de descrever a origem e inserção do plexo braquial em araras (Ara spp) de forma a contribuir para o conhecimento da anatomia desta espécie.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)