Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação in vivo do efeito do óleo ozonizado e extrato de Buchenavia tomentosa sobre infecção por Candida albicans em um modelo protético experimental

Processo: 11/08813-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 30 de abril de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Cristiane Yumi Koga Ito
Beneficiário:Patrícia Carla Lopes
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Fitoterapia   Odontologia   Estomatite sob prótese   Ozônio   Candida albicans

Resumo

Leveduras do gênero Candida são consideradas importantes na etiopatogenia da estomatite protética em associação com outros fatores. A toxicidade dos agentes antifúngicos limita o número de opções terapêuticas. Assim, a busca por alternativas terapêuticas é constante. O objetivo do presente estudo será avaliar in vivo a atividade do óleo ozonizado e extrato aquoso de Buchenavia tomentosa sobre a infecção da mucosa do palato por C. albicans em um modelo protético experimental (Nett et al., 2010). Serão incluídos 90 ratos (Rattus norvegicus Wistar), machos, cerca de 350 g, inoculados com suspensão padronizada de C. albicans ATCC 18804 e divididos em 5 grupos, de acordo com o tratamento (n=18): Grupo óleo ozonizado; Grupo extrato de Buchenavia tomentosa; Grupo nistatina (5000 UI/ml); Grupo bicarbonato de sódio (3% em água destilada); e Grupo controle, no qual será utilizada solução fisiológica para os procedimentos de tratamento. Os animais de cada grupo serão submetidos à eutanásia após os períodos de 24, 48 e 72 horas. Serão realizadas análise microbiológica do biofilme formado sobre a prótese e estudo histopatológico da mucosa do palato nos grupos. Os dados de UFC/mL obtidos em cada grupo serão comparados com auxílio do programa GraphPad Prism versão 3.02, com nível de significância 5%. Os achados histopatológicos serão comparados entre os grupos experimentais.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)