Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização molecular de micobactérias ambientais e avaliação de degradação de hidrocarbonetos

Processo: 11/13271-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Cristina Viana Niero
Beneficiário:Camilla de Paula Pereira Uzam
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Assunto(s):Micobactérias atípicas   Hidrocarbonetos   Biodegradação ambiental

Resumo

De acordo com a Lista de Nomes Bacterianos, existem 149 espécies e 11 subespécies reconhecidas no gênero Mycobacterium que são divididas em patógenos estritos (complexo Mycobacterium tuberculosis) e potencialmente patogênicas denominadas como micobactérias não tuberculosas NTM. Destas, 63 espécies (42,28%) foram descritas a partir do ano 2000. NTM são amplamente distribuídas no meio ambiente e são transmitidas por ingestão, inalação e inoculação a partir destas fontes. O contínuo aparecimento de novas técnicas invasivas médicas e não-médicas, o aumento do número de procedimentos realizados e ainda o crescente número de casos de pacientes portadores de doenças que levam a imunodepressão nos últimos anos têm relação com a característica emergente das infecções causadas por NTM sendo que vários surtos foram descritos nos últimos anos incluindo o Brasil. Estudos estimam que cerca de 30% das micobactérias isoladas de água, solo, e pacientes não pertencem a nenhuma espécie descrita. O grande número de isolados micobacterianos ambientais não identificados por técnicas fenotípicas e moleculares, usualmente empregadas para identificação de amostras clínicas, sugere a existência de diversidade neste grupo de bactérias e/ou que estas técnicas não são discriminativas o suficiente para identificação de amostras ambientais. Para isso, faz-se necessário um estudo comparativo entre técnicas de identificação. Um dos objetivos deste trabalho é avaliar a técnica de espectrometria de massa para identificação de micobactérias ambientais isoladas de água e compostagem da Fundação Parque Zoológico de São Paulo. Esta técnica apresenta como principais vantagens a rapidez e a confiabilidade dos resultados. Há alguns anos as NTM começaram a despertar interesse em outras áreas que não a médica. Estudos relatam a utilidade de NTM em biorremediação de solo e água contaminados com hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (HPA). Estes compostos são provenientes de indústrias de corantes, exploração de petróleo e seus derivados, sendo altamente tóxicos e cancerígenos. No entanto, NTM são microrganismos ainda pouco explorados com relação ao seu potencial de aplicação ambiental. Outro objetivo deste projeto é caracterizar molecularmente os isolados por Pulsed Field Gel Electrophoresis para posterior testes de degradação à hidrocarbonetos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE PAULA UZAM, CAMILLA PEREIRA; BRIANESI, URZE ADOMAITIS; ROMAGNOLI, CAMILA; GOMES, KAREN MACHADO; DUARTE, RAFAEL SILVA; CHIMARA, ERICA; FRANCO DE OLIVEIRA, JULIO CEZAR; VALLIM, MARCELO AFFONSO; PASCON, RENATA CASTIGLIONI; VIANA-NIERO, CRISTINA. MALDI-TOF MS Assessment to Identify Environmental Mycobacteria. ADVANCES IN MICROBIOLOGY, v. 5, n. 9, p. 620-629, AUG 2015. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.