Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da resistência de união a dentina afetada por cárie pós-tratamento por diferentes substâncias com capacidade remineralizadora

Processo: 11/16634-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 30 de abril de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontopediatria
Pesquisador responsável:Regina Maria Puppin Rontani
Beneficiário:Luiz Filipe Barbosa Martins
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Cárie dentária   Remineralização

Resumo

Atualmente está sendo pesquisada a aplicação de substâncias com capacidade remineralizadora na dentina, onde segundo relatos na literatura, as fosfoproteínas, fosfopeptídeos de caseína, fosfato de cálcio amorfo e dentre outras, apresentam uma capacidade remineralizadora na dentina, onde promovem a reposição de fosfato de cálcio no interior das fibrilas colágenas presente na dentina. O objetivo deste estudo será avaliar a resistência de união à dentina afetada por cárie pós-tratamento por substâncias com capacidade remineralizadora, o modo de fratura e a interface de união à dentina afetada e remineralizada. A amostra consistirá de 96 terceiros molares permanentes, livres de cárie, armazenados em cloreto de sódio 0.9% contendo azida de sódio 0.02% a 4° C, por no máximo 1 mês. Os dentes serão lavados com soro fisiológico contendo sacarose 10%. As superfícies dentinárias serão polidas com lixas de carboneto de silício 600 umedecidas. As amostras serão impermeabilizadas com resina epóxi e esmalte para unhas. Os dentes serão esterilizados em raios gama e colocados em tubos de ensaio esterilizados com meio de sobrevivência Brain Heart Infusion (BHI) suplementado com extrato de levedura 0,5% de glicose e 1% de sacarose. A cepa padrão de Streptococcus mutans padronizada na escala 0,5 de MacFarland será introduzida no BHI. As amostras serão incubadas a 37°C por 14 dias em jarras contendo envelopes geradores de anaerobiose e armazenadas em estufa bacteriológica. Durante o transcorrer dos 14 dias, o meio de sobrevivência BHI será renovado de 2 em 2 dias. Sempre em cada troca do meio BHI será realizada a aferição do pH que deverá estar crítico (abaixo de 5.5). Os dentes serão seccionados em cortadeira metalográfica Isomet 1000 (Buehler) com disco diamantado, perpendicular ao longo eixo do dente, próximo à superfície oclusal. O fragmento coronário remanescente será desgastado até a remoção de todo o esmalte da superfície oclusal, por meio da máquina politriz com a utilização de lixas de d'água granulação 220 e 600. As raízes dos dentes serão impermeabilizadas, as amostras esterilizadas em raios gama, submetidas à formação de cárie por biofilme de Streptococcus mutans e distribuídas aleatoriamente (sorteio) nos 12 grupos experimentais (n=8). Após a remoção do tecido cariado a dentina será submetida ao procedimento de união com os sistemas adesivos selecionados. Em seguida, um bloco de compósito será construído sobre a dentina. Os conjuntos dente/restauração serão imersos em água por 24h e depois seccionados perpendicularmente a interface de união para obtenção de palitos com área de aproximadamente 1 mm2. Os sítios de fratura serão avaliados por MEV e classificados em falhas adesiva, coesiva e mista. Também será avaliada a interface dentina/resina em MEV observando-se a presença de camada híbrida e prolongamentos resinosos. Os dados obtidos na resistência de união serão submetidos a ANOVA e teste de Tukey e os dados obtidos da análise das falhas e da interface de união, aos testes Kruskal-Walis e Mann-Whtney (p<0,05).

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BARBOSA-MARTINS, LUIZ FILIPE; DE SOUSA, JOSSARIA PEREIRA; ALVES, LIVIA ARAUJO; DAVIES, ROBERT PHILIP WYNN; PUPPIN-RONTANTI, REGINA MARIA. Biomimetic Mineralizing Agents Recover the Micro Tensile Bond Strength of Demineralized Dentin. MATERIALS, v. 11, n. 9 SEP 2018. Citações Web of Science: 2.
BARBOSA-MARTINS, LUIZ FILIPE; DE SOUSA, JOSSARIA PEREIRA; FREIRE DE CASTILHO, ALINE ROGERIA; PUPPIN-RONTANI, JULIA; DAVIES, ROBERT P. W.; PUPPIN-RONTANI, REGINA MARIA. Enhancing bond strength on demineralized dentin by pre-treatment with selective remineralising agents. JOURNAL OF THE MECHANICAL BEHAVIOR OF BIOMEDICAL MATERIALS, v. 81, p. 214-221, MAY 2018. Citações Web of Science: 4.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MARTINS, Luiz Filipe Barbosa. Avaliação da resistência da união à dentina desmineralizada pós-tratamentos remineralizadores. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Odontologia de Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.