Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos das mudanças no uso da terra na ecologia de peixes das cabeceiras do Rio Xingu

Processo: 11/20458-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 30 de abril de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Luis Cesar Schiesari
Beneficiário:Paulo Ricardo Ilha Jiquiriçá
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/57939-9 - Impactos da expansão da agroindústria da cana-de-açúcar sobre comunidades aquáticas, AP.BIOEN.JP
Assunto(s):Ictiologia   Amazônia   Agropecuária

Resumo

As alterações na cobertura vegetal e no uso da terra são os principais vetores de degradação das águas continentais. A retirada da cobertura vegetal facilita a erosão e o transporte de sedimentos, nutrientes e contaminantes para dentro dos rios, altera características físico-químicas da água e a disponibilidade de alimento e abrigo para a biota aquática, e aumenta o fluxo da correnteza e a homogeneização dos microhabitats aquáticos. Consequentemente ocorrem expressivas reduções na biodiversidade do corpo hídrico afetado. Os impactos mais drásticos das mudanças no uso da terra são sofridos pelos menores riachos, porque eles são os receptores primários das descargas de materiais oriundos dos sistemas terrestres. Na região das cabeceiras do Rio Xingu, a conversão de floresta para pastagens e lavoura de soja na expansão da fronteira agrícola ameaça a integridade de um dos maiores símbolos de diversidade biológica e sociocultural do Brasil. Este trabalho testará por meio de amostragens padronizadas em riachos replicados a hipótese de que mudanças no uso da terra nas cabeceiras do Rio Xingu afetam os indivíduos, as populações e as comunidades de peixes. Os efeitos observados nos diferentes níveis de organização biológica serão associados a mudanças em parâmetros ambientais relacionados à integridade do sistema lótico e provenientes do manejo da terra, particularmente no que diz respeito à conversão de floresta para pastagem e lavoura de soja. Dessa forma, este trabalho visa estabelecer as bases para o desenvolvimento de um sistema de avaliação de integridade ambiental das cabeceiras do Rio Xingu com peixes.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ILHA, PAULO; ROSSO, SERGIO; SCHIESARI, LUIS. Effects of deforestation on headwater stream fish assemblages in the Upper Xingu River Basin, Southeastern Amazonia. Neotropical Ichthyology, v. 17, n. 1 2019. Citações Web of Science: 0.
ILHA, PAULO; SCHIESARI, LUIS; YANAGAWA, I, FERNANDO; JANKOWSKI, KATHIJO; NAVAS, CARLOS A. Deforestation and stream warming affect body size of Amazonian fishes. PLoS One, v. 13, n. 5 MAY 2 2018. Citações Web of Science: 4.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
JIQUIRIÇÁ, Paulo Ricardo Ilha. Efeitos da conversão de florestas em áreas agrícola sobre assembleias de peixes das cabeceiras do Rio Xingu. 2015. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.