Busca avançada
Ano de início
Entree

Ultrassonografia do parênquima mamário de cabras infectadas com o Vírus da Artrite-Encefalite Caprina

Processo: 11/24175-9
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Alice Maria Melville Paiva Della Libera
Beneficiário:Raphael Schneider Vianna
Instituição Sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Cirurgia veterinária   Vírus da artrite-encefalite caprina   Diagnóstico por imagem   Ultrassonografia   Técnicas de estimulação cerebral não invasiva   Cabras
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Artrite-encefalite caprina | cabras | Parênquima Mamário | Ultrassonografia | Diagnóstico por Imagem

Resumo

A Artrite Encefalite Caprina (AEC) é uma virose que está distribuída mundialmente nos rebanhos, e as propriedades mais acometidas são aquelas de maior tecnificação, com práticas como estabulação dos animais, elevada densidade populacional e alta produção leiteira por cabeça. Dentre as consequências da doença, na clínica, as formas predominantes de AEC são: nervosa, artrítica, respiratória e mamária (NARAYAN e CORK, 1985; PERETZ et al., 1993). Na forma mamária é predominante a mastite crônica, que pode causar assimetria e endurecimento do úbere, mais conhecido como mastite endurativa crônica (OLIVER et al., 1981; PERETZ et al., 1993). Esta última leva a redução na produção leiteira, e tem por característica apresentar hipertrofia da glândula mamária, gerando um aumento da espessura do parênquima e dos linfonodos. A ultrasonografia é uma boa forma de avaliação da glândula mamária, pois trata-se de uma técnica não invasiva e de fácil aplicação, que pode ser utilizada frequentemente sem causar efeitos colaterais (LELE, 1979). O projeto de pesquisa visa avaliar as características ultrassonográficas do parênquima mamário de 10 cabras sororreagentes ou e 10 não sororeagentes para AEC, e assim tornar possível mensurar o nível de acometimento da glândula e fornecer informações para a taxa de reposição do plantel ou sobre a produção de leite, visando à redução das perdas produtivas e econômicas nos rebanhos leiteiros.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)