Busca avançada
Ano de início
Entree

Tradução, adaptação cultural e validação de questionário sobre qualidade de vida de portadores de úlceras venosas crônicas de membros inferiores

Processo: 12/01551-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 30 de abril de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Hélio Amante Miot
Beneficiário:Renata Boldrin de Araujo
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Úlcera varicosa   Dermatologia   Qualidade de vida

Resumo

INTRODUÇÃO: Úlceras crônicas de membros inferiores (UCMI) afetam até 5% dos adultos em países ocidentais. São responsáveis por significativa morbidade e mortalidade, além de terem forte impacto econômico e social, influenciando consideravelmente a qualidade de vida (QV) dos doentes. Úlcera venosa (UV) é responsável por 70% das UCMI. Alguns questionários sobre QV podem ser aplicados nos portadores de UV a fim de se avaliar essa questão. Entretanto, por serem genéricos, esses questionários não conseguem avaliar com precisão alguns aspectos da QV desses pacientes. Nesse contexto, Hareendran et al desenvolveram um questionário (Venous leg ulcer quality of life questionnaire) que mostrou ser eficaz na avaliação da QV de portadores de UV crônicas. Sendo assim, como não há questionário específico para UV crônicas sendo utilizado em larga escala no Brasil, faz-se necessária a tradução e adaptação de um construto específico, a fim de utilizá-lo na prática clínica. OBJETIVOS: Traduzir o questionário The venous leg ulcer quality of life (VLU-QoL) questionnaire para o português do Brasil, adaptá-lo para a realidade brasileira e validá-lo com pacientes do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB)-Unesp. Objetivos secundários: Avaliar a reprodutibilidade do questionário adaptado para o português brasileiro (VLU-QoL-Br); o impacto na qualidade de vida em subgrupos: gênero, idade, número, tamanho e tempo de úlceras; e avaliar a correlação do VLU-QoL-Br com a medida de disposição a pagar (Willingness to pay) pelo tratamento. METODOLOGIA: O projeto será desenvolvido no ambulatório de úlceras crônicas da instituição, envolvendo pacientes adultos, de ambos os gêneros, portadores de UV dos membros inferiores, de abril a dezembro de 2012. O diagnóstico de UV (critério de inclusão) será baseado na avaliação clínica e evidência de sinais de insuficiência venosa crônica. A amostragem será realizada por conveniência. Será realizada a tradução do questionário acima por um tradutor profissional, que não conheça o objetivo do tema, e por dois especialistas na área de úlceras venosas, fluentes em inglês. Será realizada a síntese das traduções em uma reunião com os três tradutores presentes. Será, então, realizada uma pré-entrevista com dez pacientes do HC da FMB-Unesp, portadores de UV, para avaliar sua compreensão sobre o questionário traduzido, e adaptação da linguagem. O novo questionário será aplicado em 100 pacientes do mesmo hospital e reaplicado após 7-14 dias pelo mesmo entrevistador, nos mesmos pacientes, para verificação da reprodutibilidade do construto, desde que não ocorra piora clínica das lesões. Durante a aplicação do questionário, serão avaliadas informações demográficas e clínicas, sobre a úlcera e sobre a disposição a pagar (Willingness to pay) pelo tratamento. Análise estatística: A consistência interna do questionário desenvolvido será testada pelo coeficiente alfa de Cronbach. A importância dos itens será avaliada a partir da subtração individual de cada item do construto, medida em relação à modificação do coeficiente alfa de Cronbach. Serão considerados itens importantes quanto à persistência no questionário aqueles que modificarem o coeficiente em menos de 0,2 unidades. O escore total e cada item serão avaliados quanto à concordância pelo coeficiente de correlação intraclasse (absolute agreement). A correlação entre o escore total (VLU-QoL-Br), área das úlceras, número de úlceras, tempo de evolução das úlceras e a disposição a pagar será testada pelo coeficiente de correlação linear de Spearman (rS), assim como a correlação entre os itens do questionário. Posteriormente, os itens serão testados em comparação com o construto original por análise fatorial confirmatória (path analysis). Será considerado significativo valor de p<0,05 bicaudal.