Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel das células CCR2+ no processo de reparo ósseo alveolar em camundongos: caracterização histomorfométrica e molecular

Processo: 12/03636-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 31 de março de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Aplicada
Pesquisador responsável:Gustavo Pompermaier Garlet
Beneficiário:Claudia Cristina Biguetti
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Osso e ossos   Alvéolo dental

Resumo

O tecido ósseo é um tecido conjuntivo mineralizado, que compartilha uma variedade de moléculas regulatórias com o sistema imunológico, como diferentes citocinas e quimiocinas, mas pouco se sabe sobre os mecanismos envolvidos na interação entre o sistema ósseo e imunológico no processo de reparo ósseo. Estudos prévios demonstram que monócitos/macrófagos exercem um importante papel no processo de reparo tecidual, e estão presentes inclusive no processo de reparo ósseo, possivelmente atuando na fase inicial da resposta imune/inflamatória e na transição entre a remoção do tecido de granulação e o processo de osteogênese. Neste contexto, receptores responsáveis pela migração de monócitos podem controlar o influxo de tais células nos sítios de reparo ósseo, e dessa forma influenciar de forma significativa o processo de reparo. Dentre os receptores de quimiocina envolvidos na quimiotração de monócitos/macrófagos, o receptor CCR2 apresenta um papel de destaque, e atua direcionando a migração de tais células frente à quimiocinas como CCL2 (MCP-1). Resultados prévios de nosso grupo demonstram por meio de RealTimePCR a expressão do receptor CCR2 e de seu ligante CCL2 ao longo do processo de reparo alveolar pós-exodontia em camundongos (resultados do processo FAPESP 2010/15755-9 - Auxílio Regular e processo FAPESP 2009/11496-1 - Bolsa de Doutorado), entretanto o real papel do receptor CCR2 neste processo permanece desconhecido. Assim, o objetivo deste projeto é esclarecer o papel do receptor de quimiocina CCR2 no processo de reparo alveolar em camundongos por meio da caracterização histomorfométrica e molecular. Serão utilizados camundongos C57Bl/6 (WT) e da linhagem CCR2KO (geneticamente deficientes do receptor CCR2), analisados nos períodos de 0, 7, 14 e 21 dias; nos quais os espécimes serão removidos e amostras serão submetidas ao processamento histológico e analisadas ao microscópio óptico para caracterização morfométrica qualitativa e quantitativa da área e proporção de tecido ocupado por coágulo, fibras, fibroblastos, vasos, células inflamatórias, matriz óssea, osteoblastos e osteoclastos, bem como para análise molecular por RealTimePCR para quantificação de CBFA1/RUNX2, OCN, ALP, RANKL, OPG, COL-I e VEGF. Os dados serão analisados estatisticamente e comparados entre duas linhagens nos diferentes períodos. A análise conjunta de tais dados certamente contribuirá para um melhor entendimento do processo de reparo ósseo alveolar, promovendo conhecimentos específicos que poderão contribuir de forma significativa para o desenvolvimento futuro de novas estratégias de diagnóstico, prevenção e terapias de patologias ósseas.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BIGUETTI, CLAUDIA CRISTINA; VIEIRA, ANDREIA ESPINDOLA; CAVALLA, FRANCO; FONSECA, ANGELICA CRISTINA; COLAVITE, PRISCILA MARIA; SILVA, RENATO MENEZES; FAVARO TROMBONE, ANA PAULA; GARLET, GUSTAVO POMPERMAIER. CCR2 Contributes to F4/80+Cells Migration Along Intramembranous Bone Healing in Maxilla, but Its Deficiency Does Not Critically Affect the Healing Outcome. FRONTIERS IN IMMUNOLOGY, v. 9, AUG 10 2018. Citações Web of Science: 3.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BIGUETTI, Claudia Cristina. Papel das células CCR2+ no processo de reparo ósseo alveolar em camundongos: caracterização histomorfométrica e molecular. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Odontologia de Bauru Bauru.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.