Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de sistemas não lineares em Teoria Clássica de Campos em baixas dimensões

Processo: 12/04431-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física das Partículas Elementares e Campos
Pesquisador responsável:Alvaro de Souza Dutra
Beneficiário:Gustavo Pazzini de Brito
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEG). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Guaratinguetá. Guaratinguetá , SP, Brasil
Assunto(s):Solitons   Sistemas não lineares

Resumo

Neste projeto o estudante que já está familiarizado com sistemas de equações não lineares, tais como as equações de Hamilton-Jacobi, clássica e quântica, e também com sistemas não lineares que permitem soluções do tipo sóliton, terá a oportunidade de dar continuidade ao trabalho de iniciação científica que vem sendo desenvolvido há mais de um ano. Assim, tendo sido introduzido ao tema de equações não lineares, ele poderá aprender técnicas e métodos de análise da teoria clássica de campos, que possuem um grande interesse em física, química, biologia, entre outras ciências naturais. Como parte do desenvolvimento do trabalho, o estudante deverá aplicar os conhecimentos adquiridos a alguns casos discutidos na literatura.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE BRITO, G. P.; DE SOUZA DUTRA, A. Multikink solutions and deformed defects. ANNALS OF PHYSICS, v. 351, p. 620-633, DEC 2014. Citações Web of Science: 3.
DE BRITO, G. P.; DUTRA, A. DE SOUZA. Orbit based procedure for doublets of scalar fields and the emergence of triple kinks and other defects. Physics Letters B, v. 736, p. 438-445, SEP 7 2014. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.