Busca avançada
Ano de início
Entree

Insegurança alimentar e estado nutricional de participantes de projetos de agricultura urbana e periurbana - Embu das Artes, SP

Processo: 12/08891-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 30 de abril de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Cláudia Maria Bógus
Beneficiário:Márcia Fernanda de Sousa Salandini
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/23187-3 - Agricultura urbana, promoção da saúde e segurança alimentar e nutricional no município de Embu das Artes, AP.R
Assunto(s):Políticas públicas   Segurança alimentar   Agricultura urbana   Promoção da saúde

Resumo

Serão selecionadas UBS e escolas da Rede Pública de Ensino que possuam projetos de hortas urbanas no município de Embu das Artes. Para inclusão no estudo, serão selecionados todos envolvidos em atividades nas hortas, no caso das UBS, todas as crianças que participem das atividades relacionadas à horta e seus responsáveis, no caso das escolas. Não haverá critérios de exclusão para participação no estudo. A explicitação do desejo de participação será feita por meio da concordância e assinatura dos Termos de Consentimento Livre e Esclarecido.Para mensurar a IA, será aplicada aos participantes das hortas das UBS e aos pais dos alunos das escolas da Rede Pública de Ensino a Escala Brasileira de Insegurança Alimentar (EBIA)¹. As respostas serão classificadas segundo a pontuação referente: a pontuação atribuída a cada domicílio é o número de respostas afirmativas. Com pontuação igual a zero, o domicílio tem segurança alimentar. No caso dos domicílios cujos moradores têm todos 18 anos de idade ou mais: de 1 a 3 pontos: "insegurança alimentar leve"; de 4 a 6 pontos: "insegurança alimentar moderada"; e de 7 a 9: "insegurança alimentar grave". No caso dos domicílios com pelo menos 1 morador de menos de 18 anos de idade, categorias de insegurança alimentar leve, moderada e grave correspondem, respectivamente, aos intervalos de 1 a 5 pontos, 6 a 10 pontos e 11 a 15 pontos.²Os questionários serão digitados com auxílio do programa Epi Info" Versão 3.5.3. Em seguida, o banco de dados será transferido para o pacote estatístico SPSS versão 20.0.0 para realizar-se a edição e análise dos dados. Serão calculadas as prevalências de segurança e insegurança alimentar segundo variáveis sociodemográficas de consumo alimentar e participação nos projetos de agricultura urbana e investigadas possíveis associações entre estas variáveis.Serão aferidos também o peso e a estatura dos praticantes de AU das hortas das UBS, das crianças que participam das hortas nas escolas e de suas mães para a classificação do estado nutricional, segundo as recomendações da Organização Mundial de Saúde3. Para a análise do estado nutricional das crianças das escolas, segundo os indicadores altura-para-idade e IMC-para-idade, serão utilizados os softwares Anthro4 e AnthroPlus5. Para os adultos será utilizado o Epi Info" Versão 3.5.3A aplicação da EBIA e a aferição de peso e estatura serão realizados por indivíduos devidamente capacitados; para tanto será realizado um estudo piloto para adequação dos instrumentos bem como treinamento dos pesquisadores.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)