Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo dos efeitos da deleção do gene da Dicer em adipócitos na gênese de doenças cardiovasculares

Processo: 12/06238-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Marcelo Alves da Silva Mori
Beneficiário:Adriano Silva Martins
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/52557-0 - Identificação de mecanismos responsáveis pelos efeitos benéficos da restrição calórica, AP.JP
Assunto(s):Síndrome metabólica   Tecido adiposo   Doenças cardiovasculares   Dicer   Aterosclerose   MicroRNAs

Resumo

Projeto de Pesquisa - Nível Pós-Doutorado - FAPESP Título: Estudo dos Efeitos da Deleção do Gene da Dicer em Adipócitos na Gênese de Doenças CardiovascularesCandidato a Bolsa: Adriano Silva MartinsInstituição: Departamento de Biofísica - Universidade Federal de São PauloData: Março, 2012 ResumoO envelhecimento e a dieta hipercalórica contribuem para a gênese de processos crônico-degenerativos que podem resultar em um aglomerado de sintomas cardiovasculares e metabólicos denominado "Síndrome Metabólica". Dentre esses sintomas, se destaca a aterosclerose, que se caracteriza pela formação de placas de gorduras com oclusão total ou parcial de artérias. Nossos dados mostram que o processamento de miRNAs está diminuído com o processo de envelhecimento no tecido adiposo de camundongos, e que este processo pode ser revertido pela restrição calórica. O tecido adiposo tem o potencial de secretar moléculas que podem regular a função de outros tecidos, participando assim ativamente na gênese de doenças cardiovasculares. Dessa forma, nossos dados prévios nos permitem elaborar a hipótese de que a redução do processamento de miRNAs no tecido adiposo pode promover o risco prematuro de doenças associadas ao envelhecimento, particularmente as doenças cardiovasculares. Tendo isso em vista, estudaremos animais incapazes de produzir miRNAs no tecido adiposo dada uma deleção tecido-específica do gene que codifica para Dicer, uma enzima fundamental na via de processamento de miRNAs maduros. Dados preliminares demonstram uma elevação nos níveis séricos de lipídeos e alteração em alguns hormônios que participam no metabolismo de gorduras e carboidratos nesses animais, sugerindo um ambiente favorável ao desenvolvimento de aterosclerose. Neste projeto iremos desafiar esses camundongos com uma dieta ocidental rica em gorduras e/ou infusão de Angiotensina II em dose pressora e/ou uma mutação de perda de função no gene apoE, e avaliaremos o desenvolvimento de placas de ateroma, além do perfil sérico e metabólico desses animais. Com isso pretendemos entender como o processamento de miRNAs no tecido adiposo controla a gênese de doenças associadas ao envelhecimento, o que pode nos levar ainda a identificar um novo mecanismo na patogênese da aterosclerose.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.