Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização do sistema petrolífero das águas rasas na Bacia do Espírito Santo

Processo: 12/02509-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 31 de março de 2014
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:João Carlos Dourado
Beneficiário:Douglas Souza Morais
Instituição-sede: Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Métodos potenciais   Geofísica

Resumo

A Bacia do Espírito Santo é caracterizada como de margem passiva formada quando da separação do continente Sul-Americano e Africano na fragmentação do Gondwana. A área de estudo concentra-se na parte norte da bacia. Para a realização deste trabalho, foram interpretadas várias seções sísmicas, onde se identificou os vários horizontes estratigráficos e as principais feições geológicas.O principal objetivo é caracterizar o sistema petrolífero associado as regiões dos campos produtores de gas (Peroá e Cangoá) e produtores de petróleo (Golfinho e Cação) nas aguas rasas da Bacia do Espirito Santo. Será utilizada a integração de dados da análise estratigráfica (base: perfis de poços), sismo estratigráfica (base: linhas sísmicas) assim com a evolução tectônica da região.Os dados para a execução do projeto serão solicitados ao BDEP - Banco de Dados de Exploração e Produção da ANP - Agência Nacional do Petróleo. Estes dados são públicos e gratuitos para fins acadêmicos.É previsto que os dados solicitados sejam compostos por sísmica 2D e 3D (público), num total de 40 linhas sísmicas e conjunto de perfis de poço de no mínimo 18 poços, dados gravimétricos e magnéticos da região. Todos estes dados serão interpretados no Laboratório de Interpretação de Dados Sísmicos e Geológicos localizado na UNESPetro.