Busca avançada
Ano de início
Entree

Mapeamento das áreas suscetíveis à fragilidade ambiental na Alta Bacia do Rio São Francisco, Parque Nacional da Serra da Canastra

Processo: 12/07795-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 31 de maio de 2014
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geografia Física
Pesquisador responsável:Marcos César Ferreira
Beneficiário:Cassiano Gustavo Messias
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Rio São Francisco   Vulnerabilidade   Fragilidade ambiental   Análise espacial

Resumo

A paisagem terrestre vem sendo remodelada pela ocupação humana, que cria técnicas para uma melhor adaptação e desenvolvimento da sociedade. De maneira geral, as alterações ambientais resultam de fenômenos naturais ou tem natureza antrópica, que estão diretamente ligadas à exploração dos recursos naturais para atender às demandas do mercado. Os estudos ambientais configuram-se então, como uma importante ferramenta para o planejamento e ordenamento do território, uma vez que os recursos naturais, em sua grande maioria, são esgotáveis. Este projeto tem como objetivo avaliar os graus de fragilidade ambiental de diferentes áreas do Parque Nacional da Serra da Canastra. Situado ao sudoeste do estado de Minas Gerais, o parque foi criado no ano de 1972, com o objetivo, entre outros, de preservar os ecossistemas naturais. Será elaborada a carta de fragilidade ambiental, a partir da adaptação da metodologia de Ross (1994), na qual serão utilizadas como variáveis ambientais o índice de vegetação, probabilidade de ocorrência de chuvas intensas, declividades e densidade de estradas. Além disso, serão analisadas as consequências de uma possível alteração no plano de manejo, que diminuiria a área e traria inúmeras consequências para a biodiversidade e a conservação do parque. Serão ainda mapeados os processos erosivos, os quais mostrarão a importância de cada uma das variáveis para a susceptibilidade dos solos. As técnicas de análise espacial serão essenciais para o desenvolvimento do trabalho, visto que permitirão o entendimento de correlações e comportamento das variáveis ambientais.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MESSIAS, Cassiano Gustavo. Mapeamento das áreas suscetíveis à fragilidade ambiental na alta bacia do Rio São Francisco, Parque Nacional da Serra da Canastra - MG. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Geociências.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.