Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos níveis de troponina cardíaca i em pacientes com câncer de mama durante o tratamento quimioterápico

Processo: 11/20274-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Fernando Luiz Affonso Fonseca
Beneficiário:Ricardo Moreno
Instituição-sede: Faculdade de Medicina do ABC (FMABC). Organização Social de Saúde. Fundação do ABC. Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Troponina I   Neoplasias mamárias   Oncologia   Quimioterapia

Resumo

O câncer de mama (CM) é o segundo tipo de câncer mais frequente no mundo e o mais comum entre as mulheres. Cerca de 22% dos casos novos de câncer em mulheres são de mama. Mutações genéticas podem resultar ora na perda de gene supressor, ora na ativação de gene promotor de tumor, com penetrância variável. Mutações no BRCA1 e BRCA2 são as mais bem descritos na literatura. Oitenta porcento dos cânceres invasivos é de histologia ductal ou lobular. O tamanho do tumor e o comprometimento linfonodal são fatores prognósticos relevantes, mais do que a histologia. A idade da paciente, situação menopausal, tamanho do tumor, comprometimento linfonodal, presença de Receptor Hormonal e a invasão linfática e vascular pela neoplasia fornecem informações prognósticas que permite ao médico escolha adequada do tratamento adjuvante. A Quimioterapia em geral, ao mesmo tempo em que influencia positivamente a sobrevida das pacientes, gera uma série de efeitos colaterais, dentre os quais a cardiotoxicidade. Frente a ampla influência da cardiotoxicidade no tratamento quimioterápico, a busca por um marcador precoce de lesão cardíaca para pacientes em Quimioterapia tem sido alvo de diversos estudos na literatura. Busca-se então, avaliar as concentrações de Troponina Cardíaca I em mulheres com câncer de mama ao diagnóstico, 3 meses e 6 meses após o início do tratamento.Relacionar as concentrações de Troponina com os dados clínicos e demográficos das pacientes.