Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão gênica dos transportadores de membrana ABCB1, ABCG2, SLC22A1 e SLCO1A2 em linhagens celulares tratadas com inibidor comercial da via JAK-STAT

Processo: 12/01081-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Elvira Maria Guerra Shinohara
Beneficiário:Guilherme Wataru Gomes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Cultura de células   Expressão gênica   Hematologia

Resumo

A mielofibrose (MF) é uma neoplasia mieloproliferativa (NMP) cromossomo Philadelphia negativo caracterizada pelo desenvolvimento de fibrose na medula óssea em resposta à proliferação celular. A descoberta da mutação JAK2V617F e sua relação com a MF tornou possível o desenvolvimento de fármacos direcionados para a inibição da proteína JAK2. Entretanto, pouco se conhece sobre os mecanismos envolvidos no influxo e efluxo celular dos inibidores da via JAK-STAT, que podem representar mecanismos de resistência e variabilidade de resposta ao fármaco. Esse estudo se propõe a analisar o efeito de um inibidor comercial da via JAK-STAT na regulação da expressão de RNAm dos genes que codificam os transportado¬res de membrana ABCB1, ABCG2, SLC22A1 e SLCO1A2, além de avaliar a expressão dos mesmos em diferentes linhagens celulares. Linhagens de células HEL921.7, SET2 (positivas para a mutação JAK2V617F), HepG2 e Caco-2 serão cultivadas e tratadas com diferentes concentrações do inibidor comercial da via JAK-STAT por diferentes períodos. Após testes de crescimento e viabilidade celular, será extraído o RNAm das células e sintetizado o cDNA, para análise das expressões dos genes ABCB1, ABCG2, SLC22A1 e SLCO1A2, feitas por real time RT-PCR. A expressão dos transportadores de membrana codificados por esses genes será avaliada por citometria de fluxo. Com o resultado do presente estudo, espera-se contribuir para a melhor compreensão da farmacocinética dos inibidores da via JAK-STAT e dos possíveis mecanismos envolvidos na variabilidade de resposta ao fármaco.