Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do potencial antifúngico e antioxidante em Avicennia schaueriana Stapf & Leech. e comparação do perfil químico em diferentes locais de ocorrência

Processo: 12/04364-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Botânica Aplicada
Pesquisador responsável:Maria Claudia Marx Young
Beneficiário:Kássia Mantovan Fardin
Instituição-sede: Instituto de Botânica. Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Avicennia schaueriana   Fitoquímica   Antioxidantes

Resumo

As plantas mostram-se importantes no descobrimento de novos fármacos, pois fornecem princípios ativos para a síntese de novos medicamentos, os quais são baseados em modelos químicos oriundos de compostos secundários dos vegetais. O metabolismo secundário vegetal sintetiza compostos que contribuem na defesa contra predadores, atração de polinizadores, ou na permanência em seu ecossistema, podendo assim apresentar atividades biológicas importantes para uso na indústria farmacêutica. Levando-se em consideração a falta de conhecimento sobre a diversidade da imensa flora brasileira, acredita-se que o seu estudo pode trazer grande benefício, tanto para a economia como para a farmacologia de medicamentos, possibilitando ainda o uso e o manejo sustentável destes recursos naturais. Neste contexto, nosso grupo vem se dedicando à bioprospecção de plantas nativas detentoras de atividades biológicas, realizando triagens no estado de São Paulo em regiões de Cerrado e Mata Atlântica. Estas triagens indicaram algumas espécies, dentre elas Avicennia schaueriana, selecionada para este estudo devido ao forte potencial antifúngico e antioxidante detectado em extratos brutos obtidos de seus caules e folhas. Avicennia schaueriana é conhecida popularmente como mangue preto ou siriúba. O gênero Avicennia pertence à família Acanthaceae, e é caracterizado quimicamente pela presença de iridóides glicosilados, flavonóides, diterpenos, naftoquinonas, etc., porém não há registro de estudos fitoquímicos com A. schaueriana. Sendo assim, devido a ausência de estudos fitoquímicos com a referida espécie, este projeto tem por objetivo comparar o perfil químico de A. schaueriana coletada em dois diferentes locais, direcionando o estudo para a obtenção do(s) compostos responsáveis pelas atividades antifúngica e antioxidante.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FARDIN, K. M.; YOUNG, M. C. M. Antifungal potential of Avicennia schaueriana Stapf & Leech. (Acanthaceae) against Cladosporium and Colletotrichum species. Letters in Applied Microbiology, v. 61, n. 1, p. 50-57, JUL 2015. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.