Busca avançada
Ano de início
Entree

Isolamento, purificação e caracterização de micobacteriófagos ambientais

Processo: 12/04911-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Sylvia Luisa Pincherle Cardoso Leão
Beneficiário:James Daltro Lima Junior
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/18326-4 - Micobactérias e seus elementos extracromossômicos: caracterização molecular e aplicações biotecnológicas, AP.TEM
Assunto(s):Genomas   Mycobacterium

Resumo

As principais doenças atribuídas às micobactérias são causadas por Mycobacterium tuberculosis, Mycobacterium leprae e Mycobacterium ulcerans, sendo estas bactérias pertencentes ao grupo de micobactérias de crescimento lento (MCL). Porém, os casos de infecções nosocomiais envolvendo as micobactérias de crescimento rápido (MCR) têm despertado grande interesse nos últimos anos. Desde 1989 foram descritos dez diferentes surtos causados por infecções em cirurgias estéticas e oftalmológicas no Brasil. As MCR são amplamente distribuídas na natureza, sendo estes casos de infecções causados por falha na higienização de instrumentos cirúrgicos e/ou por resistência dos microrganismos aos desinfetantes utilizados. Dentro deste contexto, a busca por novas estratégias mais efetivas para o controle das bactérias e prevenção de novos casos deve ser considerada. Bacteriófagos têm surgido como uma atrativa ferramenta de aplicação biotecnológica, tanto do ponto de vista terapêutico, de higienização ou para controle de pragas agrícolas, porém os micobacteriófagos têm assumido pouca ou quase nenhuma participação neste cenário. Durante o projeto de Iniciação Científica foram isolados mais de vinte diferentes micobacteriófagos de fontes ambientais, sendo que destes, seis foram caracterizados quanto a sua morfologia e seu mapa restritivo. Quatro destes fagos foram capazes de infectar a cepa INCQS 594, um isolado do clone que causou mais de dois mil casos de infecções de sítio cirúrgico no país entre 2004 e 2008. Acreditamos que este estudo poderá contribuir para o melhor entendimento da biologia destes vírus, bem como projetar um desenvolvimento de fagos mutantes com ação bactericida para desinfecção de instrumentos e/ou ambientes hospitalares.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LIMA-JUNIOR, JAMES DALTRO; VIANA-NIERO, CRISTINA; CONDE OLIVEIRA, DANIEL V.; MACHADO, GABRIEL ESQUITINI; DA SILVA RABELLO, MICHELLE CRISTIANE; MARTINS-JUNIOR, JOAQUIM; MARTINS, LAYLA FARAGE; DIGIAMPIETRI, LUCIANO ANTONIO; DA SILVA, ALINE MARIA; SETUBAL, JOAO CARLOS; RUSSELL, DANIEL A.; JACOBS-SERA, DEBORAH; POPE, WELKIN H.; HATFULL, GRAHAM F.; LEAO, SYLVIA CARDOSO. Characterization of mycobacteria and mycobacteriophages isolated from compost at the Sao Paulo Zoo Park Foundation in Brazil and creation of the new mycobacteriophage Cluster U. BMC Microbiology, v. 16, JUN 17 2016. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.