Busca avançada
Ano de início
Entree

Alternações hormonais no mutante ovate de tomateiro (Solanum lycopersicum l. cv Micro-Tom) e seu impacto na morfologia, qualidade do fruto, produtividade e partenocarpia

Processo: 12/06297-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Fisiologia Vegetal
Pesquisador responsável:Lázaro Eustaquio Pereira Peres
Beneficiário:João Pedro Bernardes Faria
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Partenocarpia   Desenvolvimento   Mutantes   Tomateiro

Resumo

A frutificação é um importante processo na reprodução sexual das angiospermas dependente da polinização e fertilização da flor, sendo caracterizado por alterações nos níveis de auxina e giberelina, dois importantes hormônios vegetais envolvidos em várias etapas do desenvolvimento vegetal. A formação do fruto sem a ocorrência da polinização, e consequentemente da fertilização, é um fenômeno conhecido como partenocarpia. A partenocarpia é de interesse prático, uma vez que torna o processo de frutificação independente de fatores ambientais, formando frutos sem sementes, o que acarreta uma facilidade nos processos industriais e uma maior aceitação por parte do consumidor. No presente trabalho, serão estudadas mutações que acarretam alterações no formato do fruto em tomateiro (Solanum lycopersicum), por estarem possivelmente ligadas a alterações nos níveis de auxina e giberelina. Desse modo, as mutações de frutos alongados denominadas sun, ovate, e fs8.1 serão caracterizadas quanto a partenocarpia. Através do cruzamento com espécies selvagens, serão buscados novos alelos correspondentes aos mutantes partenocárpicos procera (pro) e entire, os quais afetam a tradução de sinal dos hormônios giberelina e auxina, respectivamente. Novos mutantes partenocárpicos também serão buscados através da mutagênese do material macho estéril, e portanto não autofecundante. Os materiais partenocárpicos obtidos serão caracterizados quanto a alterações em GA e auxina usando análise de duplos mutantes com plantas transgênicas (DR5::GUS) e mutações (pro, gib3, dgt e entire) afetando esses hormônios.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FARIA, João Pedro Bernardes. Alterações hormonais no mutante ovate de tomateiro (Solanum lycopersicum L. cv Micro-Tom) e seu impacto na morfologia, qualidade do fruto, produtividade e partenocarpia. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.