Busca avançada
Ano de início
Entree

Mapeamento de locos associados à tolerância à seca em feijão comum

Processo: 12/06499-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Luciana Lasry Benchimol-Reis
Beneficiário:Juliana Santa Rosa
Instituição-sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Estresse hídrico   Mapeamento genético   Feijoeiro   Marcador molecular

Resumo

O feijão comum (Phaseolus vulgaris L.) é uma cultura importante economicamente tanto para o consumo nacional como para a exportação. Marcadores moleculares têm sido usados em muitas culturas. O avanço do melhoramento genético é assessorado pelo desenvolvimento de novos marcadores, que constituem ferramentas para a execução de programas de seleção assistida por marcadores (SAM). A plataforma de análise molecular, DArT ("Diversity Arrays Technology"), baseada em hibridização e que associa a tecnologia de microarranjos para análise de polimorfismo, compreende muitas vantagens em relação a outros marcadores moleculares existentes e já está disponível para a cultura do feijoeiro graças a uma iniciativa de nosso grupo de pesquisa.A presente proposta tem como objetivo a construção de um novo mapa genético com marcadores SSRs e DArTs na população segregante AND 277 x SEA 5 (Processo Auxílio FAPESP 2010/51186-9) e o mapeamento de locos associados a resposta ao estresse hídrico na cultura do feijoeiro. Espera-se localizar e identificar a magnitude dos QTLs de efeito maior associados com o caráter estresse hídrico, a fim de estes possam ser utilizados para melhoramento de tolerância a seca por SAM.