Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do Kinesio Taping na cinemática escapular e propriocepção do ombro após fadiga muscular

Processo: 12/05146-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 30 de novembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Stela Márcia Mattiello
Beneficiário:Gisele Garcia Zanca
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):13/14081-2 - Efeitos da fadiga muscular e do Kinesio Taping no senso de posição articular do ombro, BE.EP.DR
Assunto(s):Eletromiografia   Propriocepção   Fadiga muscular   Ombro   Cinemática

Resumo

A fadiga muscular é considerada um fator potencial para o desenvolvimento de disfunções no ombro de atletas arremessadores. Devido à importância do trapézio inferior para a estabilidade funcional da escápula, sugerimos que uma bandagem para facilitar sua ação poderia diminuir os efeitos negativos da fadiga na cinemática do ombro. Sendo assim, a proposta deste estudo é investigar os efeitos da fadiga muscular funcional, gerada por arremessos consecutivos, na cinemática do ombro de atletas arremessadores, com e sem o uso da bandagem elástica para o trapézio inferior. Serão avaliados 20 atletas, de ambos os sexos, de 18 a 30 anos, sem queixas relacionadas ao complexo do ombro. Este será um estudo cruzado e aleatorizado, no qual todos os atletas participarão de todas as sessões de avaliação, com intervalo de 7 dias entre elas: Controle (protocolo de fadiga sem intervenção), Bandagem (protocolo de fadiga associado à bandagem aplicada com tensão) e Sham (protocolo de fadiga associado à bandagem sem tensão). Em cada sessão serão avaliadas a cinemática tridimensional da escápula e do úmero, e a atividade eletromiográfica dos músculos serrátil anterior e trapézio (porções superior e inferior) do ombro dominante, nos movimentos de arremesso e elevação no plano da escápula, antes e após um protocolo de fadiga. Os resultados serão analisados utilizando análise de multivariância (MANOVA), sendo variáveis independentes a fadiga (antes e após), a condição (controle, bandagem e sham) e a posição (elevação do úmero e eventos do arremesso), e as variáveis dependentes os movimentos da escápula e do úmero. Será considerado um nível de significância de 5%.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ZANCA, GISELE GARCIA; OLIVEIRA, ANA BEATRIZ; ANSANELLO, WALTER; BARROS, FERNANDA CABEGI; MATTIELLO, STELA MARCIA. EMG of upper trapezius - Electrode sites and association with clavicular kinematics. JOURNAL OF ELECTROMYOGRAPHY AND KINESIOLOGY, v. 24, n. 6, p. 868-874, DEC 2014. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.