Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da cultura de cana-de-açúcar como fator protetor em termos da erosão hidrica do solo e a sua associação com a resposta espectral por meio e diferentes sensores.

Processo: 12/08527-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geografia Física
Pesquisador responsável:Sergio dos Anjos Ferreira Pinto
Beneficiário:Edvania Aparecida Corrêa
Instituição-sede: Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Cana-de-açúcar   Sensoriamento remoto   Cobertura vegetal

Resumo

As alterações do uso da terra, especialmente aquelas associadas às atividades agrícolas que em geral eliminam a cobertura vegetal natural, acarretam desequilíbrio no sistema natural de uma bacia hidrográfica, resultando em condições de predisposição aos riscos de erosão do solo pela ação do escoamento superficial das águas pluviais. Neste contexto, a cobertura vegetal possui papel importante na medida em que oferece proteção natural contra os efeitos negativos que a erosão acarreta no terreno. Tendo em vista a elevada importância econômica da cultura da cana-de-açúcar, especialmente no cenário paulista, e todos os efeitos que a mesma acarreta no meio ambiente assim como o advento das geotecnologias, é eminente a necessidade de estudos que visem avaliar o fator protetor desta cultura em termos de perda de solo assim como aplicação de procedimentos metodológicos de extração de dados objetivando avaliar a cobertura/manejo do solo a partir de dados de sensoriamento remoto, auxiliando desta maneira, não somente a comunidade científica, mas também os produtores rurais e planejadores. Diante o exposto, o principal objetivo da presente proposta é o de aplicar um procedimento metodológico que permita a determinação do grau de cobertura da cultura de cana-de-açúcar em termos de perda de solo através de produtos de sensoriamento remoto, visando subsidiar as modelagens de erosão hídrica do solo. Em termos de abordagem teórica, a presente proposta será desenvolvida sob a ótica do raciocínio sistêmico, utilizando como técnicas o sensoriamento remoto e o geoprocessamento. Espera-se que os resultados contribuam na forma de procedimento metodológico, com maior precisão no desenvolvimento de modelagens de erosão hídrica do solo em bacias hidrográficas, na medida em que o fator cobertura/manejo do solo será obtido a partir da análise do comportamento espectral da vegetação.