Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos de aspectos estruturais importantes na montagem de filamentos de septinas humanas

Processo: 12/00268-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2012
Vigência (Término): 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Molecular
Pesquisador responsável:Richard Charles Garratt
Beneficiário:Sabrina Matos de Oliveira da Silva
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Septinas   Expressão heteróloga   Cristalografia de proteínas

Resumo

Septinas compreendem uma conservada família de proteínas de ligação a nucleotídeo de guanina e formação de heterofilamentos. Elas também estão associadas a certas patologias em eucariotos e importantes processos celulares. Essas proteínas são assim denominadas, devido o seu papel na septação e divisão celular, onde uma falha neste processo pode levar à morte celular ou irregularidades durante o ciclo celular. No entanto, apesar da importância dessa classe de proteínas, ainda há pouca informação disponível no que diz respeita aos detalhes de suas funções moleculares. Particularmente o papel da ligação e hidrólise de GTP, assim como o mecanismo de polimerização na forma de hetero-oligômeros ainda não foram completamente esclarecidos. A presente proposta está centrada na análise estrutural de complexos de septinas, onde serão tentadas a coexpressão e cristalização de quatro complexos de septinas. A escolha das combinações é baseada, em parte, nas regras estabelecidas por Kinoshita sobre a substituição de septinas dentro de um filamento, bem como na literatura atual e resultados recentes de estudos de Y2H. Á intenção será realizar a coexpressão dos complexos SEPT9-SEPT11-SEPT7; SEPT2-SEPT6-SEPT9-SEPT7; SEPT4-SEPT6-SEPT7 e SEPT4-SEPT8-SEPT7. Acredita-se que essas combinações nos permitirá investigar em detalhe a validade das regras de Kinoshita. A determinação da estrutura cristalina desses complexos contribuirá significativamente para a nossa compreensão sobre os detalhes estruturais que controlam a formação de filamentos de septinas e como estas proteínas se organizam para formar o arranjo estrutural correta, já que até agora apenas uma estrutura de um heterocomplexo em baixa resolução tem sido relatada na literatura.