Busca avançada
Ano de início
Entree

Mulheres mamíferas: práticas da maternidade ativa

Processo: 12/02508-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Antropologia Urbana
Pesquisador responsável:Guita Grin Debert
Beneficiário:Mariana Marques Pulhez
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Feminismo   Internet   Mães   Blogs   Poder familiar   Identidade (psicologia)

Resumo

O objetivo central deste projeto é propor um estudo antropológico sobre as concepções da chamada maternidade ativa (re)formuladas por mulheres que possuem filhos e que utilizam blogs - ou diários on-line - como veículo de compartilhamento de experiências de maternidade. A hipótese que norteará essa pesquisa é a de que neste processo - realizado através da publicação de textos e debates em cima deles por meio da ferramenta de comentários -, as mães blogueiras criam relações de forma a construir uma identidade em comum baseada nas reflexões acerca de maternidade ativa. A partir dos conceitos de biopoder, de Michel Foucault, de reflexividade, de Anthony Giddens, em particular das leituras que Stuart Hall e Avtar Brah fazem desses autores nos estudos sobre identidade, pergunta-se em que medida é possível entender os modos de maternar reivindicados por essas mulheres como expressões de um biopoder inscrito no corpo da população ou como formas de autorreflexão e busca da definição do "eu", que nunca seria fixo ou rígido. Além disso, questionam-se quais são as implicações para os feminismos e as lutas por igualdade de gênero quando da (re)valorização, por um determinado grupo de mulheres, da maternidade, outrora expressão última da dominação masculina. Com essa finalidade, trata-se de uma pesquisa qualitativa, sendo a etnografia dos blogs de mães a ferramenta metodológica privilegiada. Em última instância, as pretensões deste projeto são de trazer à tona discussões acerca das relações entre maternidade e feminismo, bem como contribuir para os debates concernentes às questões de identidade e a forma como elas são colocadas no mundo contemporâneo. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PULHEZ, Mariana Marques. Mulheres mamíferas : práticas da maternidade ativa. 2015. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.