Busca avançada
Ano de início
Entree

Personagens em deslocamento no documentário contemporâneo brasileiro

Processo: 12/03788-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 31 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Comunicação - Comunicação Visual
Pesquisador responsável:Samuel José Holanda de Paiva
Beneficiário:Gustavo Souza da Silva
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Documentário   Personagens

Resumo

As configurações dos personagens dos documentários fornecem gradações e, acima de tudo, apresentações diferentes. Essa instância instiga inicialmente a execução deste projeto de pós-doutorado, que, diante do crescimento da produção documental no país na primeira década do século XXI, elege um encaminhamento mais pontual: a temática do deslocamento. Seis filmes compõem o corpus de análise: Em trânsito (Henri Gervaiseau, 2005), Motoboys - Vida Loka (Caíto Ortiz, 2004), Handerson e as horas (Kiko Goifman, 2007), Andarilho (Cao Guimarães, 2006), Pachamama (Eryck Rocha, 2008) e Um passaporte húngaro (Sandra Kogut, 2003). Esse conjunto de filmes está organizado em dois eixos: um que se interessa pela pessoa que se desloca (os quatro primeiros da lista) e outro pelo documentarista-personagem que, em busca de algo específico, constrói a narrativa do seu filme (os dois últimos). Esses documentários fornecem uma série de interrogações que podem ser estruturadas a partir das seguintes questões: (1) as configurações e particularidades dos personagens em seus deslocamentos; (2) a relação que o personagem estabelece com o diretor, tanto o diretor que escolhe seus personagens, como o diretor-personagem, e (3) a investigação de como a narrativa fílmica aponta para uma ética do realismo decorrente dessas duas instâncias anteriores. Para responder a tais problemas de pesquisa, tomaremos como método a análise fílmica (Aumont e Marie, 1989), que privilegia imagem, texto e som, para colher evidências que permitam o desenvolvimento das reflexões aqui propostas.