Busca avançada
Ano de início
Entree

Sinalização celular por óxido nítrico na diferenciação e adesão de Trypanosoma cruzi à matriz extracelular

Processo: 12/05621-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2012
Vigência (Término): 30 de setembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Bioquímica de Microorganismos
Pesquisador responsável:Maria Julia Manso Alves
Beneficiário:Chrislaine Oliveira Soares
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Matriz extracelular   Óxido nítrico   Trypanosoma cruzi   Transdução de sinais

Resumo

A invasão da célula hospedeira por tripomastigotas de T. cruzi é um processo complexo compreendendo diferentes etapas, e envolvendo varias moléculas de adesão, eventos de sinalização e atividades proteolíticas. Embora o mecanismo de interação dos tripomastigotas com células de mamíferos tenha sido intensamente estudado, há ainda uma grande lacuna no conhecimento relativo à sinalização desencadeada no parasita durante esse processo.Membros da superfamilia gp85/trans-sialidase de tripomastigotas, glicoproteínas de superfície, são essenciais para o reconhecimento/ adesão do parasita à célula hospedeira, com parte de seus membros interagindo com os componentes da matriz extracelular (ECM). Dados do nosso laboratório mostram que a ligação à ECM desencadeia cascatas de sinalização, resultando em alterações no padrão de fosforilação de diferentes classes de proteínas nos tripomastigotas, incluindo proteínas de flagelo (dados do fosfoproteoma em fase final de análise). Dados preliminares mostraram ainda modificações de proteínas por NO. Portanto nosso grupo tem como uma das propostas verificar o papel do óxido nítrico sobre as vias de sinalização durante a invasão e a diferenciação de tripomastigotas a amastigotas, estas com flagelo incipiente. Recentemente foi demonstrado que o T. cruzi pode produzir NO por meio de uma TcNOS, que apresenta características semelhantes à NOS de mamíferos, e surpreendentemente, dado que uma guanilato ciclase não foi detectada no genoma do parasita, capaz de induzir a produção de cGMP. Como nitração de resíduos de tirosina ou S-nitrosilação modulam a atividade biológica de uma grande diversidade de proteínas, (inclusive interferindo nos níveis de outras modificações pós-translacionais como fosforilação, sumoilação ou ubiquinação), é nosso objetivo, dentro deste projeto de pós-doutoramento verificar o papel do NO sobre as vias de sinalização de T. cruzi durante a invasão e diferenciação de tripomastigotas a amastigotas in vitro. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEREIRA, MILTON; SOARES, CHRISLAINE; BAPTISTA CANUTO, GISELE ANDRE; MAGGI TAVARES, MARINA FRANCO; COLLI, WALTER; ALVES, MARIA JULIA M. Down Regulation of NO Signaling in Trypanosoma cruzi upon Parasite-Extracellular Matrix Interaction: Changes in Protein Modification by Nitrosylation and Nitration. PLoS Neglected Tropical Diseases, v. 9, n. 4 APR 2015. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.