Busca avançada
Ano de início
Entree

Água e vinho: canção e música instrumental em Egberto Gismonti

Processo: 12/05846-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2012
Vigência (Término): 07 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Música
Pesquisador responsável:Antônio Rafael Carvalho dos Santos
Beneficiário:Maria Beatriz Cyrino Moreira
Instituição-sede: Instituto de Artes (IA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Indústria fonográfica   Música popular brasileira   Música popular   Música instrumental

Resumo

Com esta pesquisa, pretende-se estudar a produção musical de Egberto Gismonti situada entre os anos de 1969 a 1978. Durante estes nove anos, Gismonti lançou 12 álbuns de diferentes formações musicais e estéticas. Embora o músico seja reconhecido mundialmente como um dos maiores representantes da música instrumental brasileira, observamos que sua obra inicial é curiosamente marcada por experiências no âmbito da canção popular. Nesta pesquisa, pretende-se verificar possíveis relações entre os projetos musicais representados nos álbuns e o contexto cultural desses anos, marcado sobretudo pelo esgotamento do ideário nacional-popular, pelo processo gradativo de desconstrução da canção, pela ditadura militar na sua fase mais repressiva e pelo crescimento da indústria fonográfica. Desta forma, busca-se desvendar a construção da personalidade musical de Egberto Gismonti procurando estudar sua fase de transição da canção à música instrumental e a maneira pela qual o artista promoveu a articulação entre as linguagens da música erudita e da música popular, traduziu musicalmente as representações da tradição e de modernidade em suas composições e arranjos, adotando, em determinados momentos, procedimentos experimentais.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MOREIRA, Maria Beatriz Cyrino. Um coração futurista : desconstrução construtiva nos processos composicionais de Egberto Gismonti na década de 1970. 2016. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Artes.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.